PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Aberta a Agritec Território Vale do Mearim

A Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia acontecem em Bacabal até sábado (12) com 51 ações de capacitação e é a quarta e última do Ciclo 2015


A partir desta quinta-feira (10) até sábado (12), a cidade de Bacabal está sediando a 1ª Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia (Agritec) Território Vale do Mearim, a última ação do tipo dentro do ciclo Agritec 2015 e deverá reunir diariamente cerca de 2 mil agricultores familiares, visitantes e  técnicos por dia, com o objetivo de fazer transferência de tecnologia para produtores rurais de pequeno porte.
A Agritec de Bacabal foi aberta nesta quinta-feira (10).
O Ciclo Agritec 2015 já teve três edições (São Bento, Açailândia e Caxias) e já mostra bons resultados: recebeu visitantes de 60 municípios, capacitou cerca de 2,1 mil agricultores familiares e rendeu cerca de R$ 1,5 milhões em vendas de produtos de agricultores familiares produtores e contratos de financiamentos para este público.

“As Agritecs são oportunidades para que os produtores rurais maranhenses conheçam novas formas de produzir, com sustentabilidade, eficiência e eficácia. O potencial de alavancar este segmento agrícola é muito grande”, disse o diretor superintendente do SEBRAE no Maranhão, João Martins.
Na abertura da Agritec de Bacabal, o secretário estadual de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, disse que a participação do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão (SEBRAE) no Ciclo Agritec 2015 foi fundamental para a realização das quatro edições.

“O SEBRAE no maranhão se juntou a iniciativa e desde o começo deu sugestões, executando tarefas, planejando as ações da Agritec e participou ativamente da organização e foi fundamental para que as quatro feiras acontecessem”, afirmou  Soares.
As palestra sobre a  metodologia Balde Cheio foram uma das mais requisitadas pelos agricultores familiares que estiveram na Agritec de Bacabal.
O chefe da Embrapa Cocais, Valdemício Ferreira, comentou sobre a importância das Agritecs para o estado. “O trabalho desenvolvido pelos parceiros nas Agritecs é muito importante por disseminar tecnologia como forma de fazer com que o produtor pequeno rural  produza mais e com melhor qualidade. Todos os parceiros tiveram papel importante mas o Sebrae pela sua expertise tornou possível que tudo acontecesse com desenvoltura”, afirmou Ferreira.

Programação

Para Bacabal, estão previstas 51 palestras,oficinas, minicursos, painéis, mesas redondas e debates para ser realizadas pelo governo estadual que é o promotor do ciclo Agritec 2015, pelos correalizadores Sebrae e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), movimentos sociais e parceiros.
 Para a gerente da unidade regional de Bacabal do Sebrae, Graça Fernandes, os agricultores familiares devem se capacitar para produzir mais e melhor.
“Estamos com profissionais prontos para fazer capacitação de agricultores familiares, dar consultoria e realizar atendimento de quem nos procurar. O SEBRAE está de braços abertos para que o agricultor familiar se capacite para produzir melhor e para evitar que se tenha necessidade de buscar produtos agrícolas em outros estados”, disse Graça Fernandes, gerente da Unidade Regional do SEBRAE em Bacabal. 
Dentro da programação prevista o SEBRAE realizará oito e será parceria em outras 11 em parceria com os parceiros. Para isso, a entidade mobilizou profissionais de cinco das 12 unidades regionais – São Luís, Bacabal, Pinheiro, Santa Inês e Presidente Dutra – e uma equipe de 40 técnicos e consultores.

As ações programadas para Agritec Território têm como foco em Associativismo com o estratégia de negócios para agricultura familiar, empreendedorismo rural, compras governamentais, a metodologia Balde Cheio de gestão de propriedades rurais produtoras de leite e manejo de caprinos e ovinos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário