segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Nos braços do povo, Rui Filho Mostra Força no município de Arari


O ex-prefeito de Arari, Rui Filho, é candidato mais uma vez nessas eleições e o povo demonstra a cada dia o que as pesquisas já revelavam, Rui Filho é hoje o  mais cotado para assumir a prefeitura no município. Em evento inaugural do comitê de campanha da sua coligação, Rui Filho viu uma multidão o acompanhar pelas ruas da cidade, em gritos eufóricos de já ganhou!



Em discurso caloroso, tanto Rui como sua vice-prefeita Maria, foram enfáticos ao afirmarem que farão uma gestão voltada para o social, com investimento em saúde, pois a mesma está abandonada, faltando até o essencial, como cobertores nos leitos hospitalares, enfatizaram ainda a importância de se investir na juventude, onde todos farão parte do seu governo, que terá como identidade a participação popular. Rui disse ainda que não se intimidará diante das ameaças e perseguições.

Para quem não lembra, o atual prefeito, Djalma, havia declarado publicamente, total apoio à campanha de Rui Filho, mas após uma demorada conversa no Palácio dos Leões, decidiu trair Rui Filho e se lançar à reeleição, sendo fortemente criticado pela população, o que lhe acrescentou forte rejeição, tornando ainda mais possível a eleição de Rui Filho.

Apesar de estar com a máquina na mão e total apoio do governo do estado, falta em Djalma o que sobra em Rui, carisma e aceitação popular. E é com essas armas que Rui Filho segue confiante, com um sólido grupo que cresce a cada dia, e promete fazer barulho em Arari.

Por Carlinhos.

Temer planeja privatizar gestão de presídios, creches, hospitais e fará um pente-fino no Bolsa Família; 600 mil famílias já foram descredenciadas


Agência O Globo
Assim que for encerrado o capítulo do impeachment, o presidente interino, Michel Temer, terá de tomar medidas para acabar com a sensação de governo provisório e dar continuidade à construção de estabilidade e credibilidade para os próximos dois anos. Para dar a feição que seu governo quer ter, além dos já anunciados teto para gastos públicos e reforma da Previdência, Temer terá mais uma prioridade: a abertura para o capital privado em todos os setores possíveis, fugindo do formato tradicional de fazer concessões apenas na área de infraestrutura.

Entre as medidas que devem ser anunciadas após a viagem que Temer fará à China, para a reunião do G-20, estão um programa de concessões em parceria com os estados, voltado para áreas essenciais como hospitais, creches, presídios e saneamento. O modelo já é adotado por estados como Goiás e municípios como Belo Horizonte para instituições de ensino.

"Vamos acabar com o conteúdo nacional exacerbado, que só traz superfaturamento. Só vamos manter aquilo em que formos competitivos. Ao invés de generalizado, será setorizado. Temos que mudar a visão do investimento público, ampliando ao máximo as concessões. Faremos PPPs (parcerias público-privadas) para esgoto, penitenciárias, hospitais e creches, comprando vagas para as crianças. É mais racional do ponto de vista do gasto público", disse um auxiliar de Temer envolvido nos programas.

Sem dinheiro para investir e com os orçamentos comprometidos com despesas de pessoal e custeio, os estados receberão uma garantia da União, por meio de seus ativos, para fechar os contratos. O governo estuda usar os Fundos de Participação dos Estados e Municípios como uma segunda garantia para as PPPs darem certo.

O governo decidiu que não fará grandes pacotes de medidas. Prefere ir anunciando aos poucos as novidades. Para evitar a acusações de que está negligenciando a área social, que esteve no centro das gestões petistas, Temer instituirá um prêmio para prefeitos com melhor desempenho em projetos no setor. Em 14 de setembro, Temer lançará um programa voltado as quatro milhões de crianças de 0 a 4 anos do Bolsa Família. Elas passarão a ter acompanhamento multidisciplinar semanal nos primeiros mil dias de vida, e quinzenal a partir desta idade.

600 mil famílias descredenciadas

Paralelamente, o Ministério do Desenvolvimento Social fará um pente-fino no cadastro do Bolsa Família. No último mês, 600 mil famílias foram descredenciadas por não mais atender aos requisitos do programa. Ao todo, 14 milhões de famílias integram o cadastro do programa.

Depois das eleições, Temer lançará, em parceria com as prefeituras, um programa de inclusão produtiva dos beneficiários do programa, como estímulo para deixar de receber o Bolsa Família. Os beneficiários terão linhas de crédito subsidiadas para comprar material de trabalho, como máquinas de costura, de jardinagem e mecânica, entre outros. Os prefeitos que mais incluírem esta mão de obra receberão anualmente um prêmio em dinheiro para projetos em sua cidade.

O governo dará um a dois anos de carência para o beneficiário manter o dinheiro do programa, somado a seus rendimentos do emprego. "O Bolsa-Família é uma das maiores causas da informalidade. A pessoa não quer perder o benefício, então deixa de assinar a carteira de trabalho. Vamos garantir os dois rendimentos e manter o número dos cartões. Caso a pessoa perca o emprego, ela retorna para o programa. É uma segurança e um estímulo", disse o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra.

EUA anunciam fim de prisões privadas

Nos Estados Unidos, o governo do presidente Barack Obama anunciou neste mês que vai acabar gradualmente com os presídios privatizados. Uma auditoria feita pelo Departamento de Justiça americano constatou que as unidades privatizadas têm mais problemas de segurança do que as administradas pelo governo. A redução da população carcerária registrada nos últimos três anos também pesou na decisão do governo.

Ao todo são 193,3 mil presos, dos quais 22,1 mil, o equivalente a 12% do total da população, estão em presídios privatizados. Apenas as prisões privatizadas onde permanecem imigrantes que aguardam deportação serão mantidas — total de 34 mil. As unidades privatizadas surgiram nos Estados Unidos no final dos anos 1990, por causa da superlotação carcerária. Três empresas administram esses presídios. As companhias discordam da auditoria. 

domingo, 28 de agosto de 2016

ELEIÇÕES 2016: Natália Duda é recebida com grande alegria durante caminhada no bairro Trizidela em Bacabal

Dando início a sua campanha política nestas eleições municipais de 2016, a vereadora e candidata a reeleição Natália Duda realizou uma grande caminhada pelo bairro Trizidela na tarde do último sábado (27).

Quem esteve participando ao lado de Natália Duda, foi o também candidato a prefeito Roberto Costa, acompanhado do ex-vereador Jonas que é pai da candidata a reeleição, e o apresentador Randyson Laércio, e como não poderia ser diferente por inúmeras pessoas, a caminhada percorreu as principais ruas da comunidade, o que era para ser somente uma passeata se transformou em carreata.



Para a candidata Natália Duda mais um passo importante na sua vida pública.

Esse é mais um passo importante que estou dando, hoje inicio uma nova etapa em minha vida, sentir esse carinho do meu povo, da minha comunidade, olhar nos olhos de cada um e apertar as mãos é realmente indescritível, isso tudo só me dar mais forças para continuar lutando por novas conquistas para Bacabal, e principalmente para essa comunidade da Trizidela, que muita das vezes é tão discriminada, mais que é sem dúvida alguma, formada em sua grande maioria por pessoas de bem, homens e mulheres trabalhadores”, disse Natália Duda.




Redação/Vanilson Rabelo.

PLANTÃO 190: Suspeito de praticar dois homicídios é preso portando um simulacro de arma de fogo enfrente aos correios de Bacabal


Por volta das 12h00 deste domingo (28), policiais do Serviço de Inteligência da PM do 15º BPM, conseguiram localizar e efetuar a prisão de um jovem identificado como Magno Barros de 18 anos de idade.

A prisão ocorreu enfrente ao prédio dos correios em Bacabal, durante a abordagem e na revista pessoal foi localizado na cintura de Magno um simulacro de arma de fogo. (arma de brinquedo), que os criminosos usam para praticarem assaltos principalmente em locais de pouca visibilidade. Foi solicitado o apoio de uma viatura e Magno Barros foi conduzido ao 1º DP de Bacabal.

Magno é o principal suspeito de ter assassinado a tiros um homem no bairro Trizidela. Detalhe a vítima estava dormindo, ele também confessou ter assassinado outra pessoa.

Simulacro.

Para a confecção do Simulacro, Magno usou madeira e cano de ferro, para fazer o gatilho da arma de brinquedo, Magno usou material de lata de refrigerante, depois cobriu por completa com fita isolante, agora veja o comparativo das fotos de uma pistola de verdade .40 usada pelas forças policiais, em comparação com o simulacro que Magno portava no momento da prisão;


Durante uma ação de assalto e com a vítima completamente abalada passa despercebido uma arma dessa, por outro lado ninguém irá perguntar para um assaltante se a arma que ele está usando é de brinquedo ou não. infelizmente algumas mentes criativas são usadas para praticar o mau as pessoas de bem da sociedade. 

Matéria completa sobre esse caso na programação da TV Cidade canal 47 (REDETV).


Redação/Vanilson Rabelo.

SÃO LUÍS GONZAGA-MA: Grande multidão prestigiou palestra do candidato a prefeito Dr. Júnior e seu grupo, na Praça Pedro Carvalho


Uma verdadeira multidão se reuniu na noite deste sábado (27), na Praça Pedro Carvalho no centro da cidade de São Luís Gonzaga, o objetivo, acompanhar de perto a palestra do candidato a prefeito Dr. Júnior e dos candidatos a vereadores pelo grupo da oposição.

Uma estimativa da coordenação de campanha, é que aproximadamente 3.000 pessoas estiveram presentes na praça, e tudo ocorreu dentro do que foi programado, e na mais absoluta tranqüilidade. Um dos convidados especiais que esteve participando da palestra foi o deputado estadual Vinicius Louro. Que também deixou seu recado para os Gonzaguenses.

Quero deixar claro que muitas coisas que aconteceram em São Luís Gonzaga, não foram por conta do empenho dessa atual gestão que ai está, e sim pelo que fizemos na Assembléia Legislativa do Estado, como por exemplo, o asfalto dos povoados Nova Vida, Santa Cruz e Claridade, esse asfalto, foram emendas enviadas por mim, deputado estadual Vinicius Louro, disse.   

Durante o uso da palavra, o deputado Vinicius Louro disse que o candidato a prefeito Dr. Júnior irá realmente fazer uma mudança na cidade quando estiver à frente do executivo municipal;

“Quero dizer a todos vocês que estão aqui presentes, e também para aqueles que não compareceram que reafirmo minha parceria com Dr. Júnior, e que as portas do meu gabinete estarão sempre abertas para recebê-lo a partir de Janeiro de 2017, já como prefeito dessa cidade, e digo mais, ele irá fazer uma mudança e olhar com mais carinho principalmente para aqueles mais humildes”, disse o deputado.
Dr. Júnior e Vinicius Louro.
O candidato a prefeito Dr. Júnior falou que o momento que São Luís Gonzaga vive hoje é muito difícil pela falta de comprometimento da atual gestão, e que em seu plano de governo, uma das prioridades será o povo mais humilde, aqueles que mais precisam do poder publico municipal em todas as áreas;

“Esse momento representa o rompimento de uma oligarquia que há 12 anos manda e desmanda em nossa cidade, que na verdade pensam que são os donos, o povo estar se libertando, estão criando coragem de ir às ruas querendo mudança; com certeza essa eleição quem vai ganhar não é Dr. Júnior, e sim o povo humilde, os que não têm assistência médica, os lavradores que não tem apoio para a agricultura familiar, e os nossos jovens e estudantes que não se sentem representados pelo sistema de educação  vigente em nosso município”. Finalizou Dr. Júnior.

A organização da campanha não faria passeata, mais não teve jeito, quem compareceu fez questão de andar pelas Ruas da Cidade e apoiar a candidatura de Dr. Júnior e toda sua comitiva.  Nas redes sociais a palestra realizada na noite de sábado ficou conhecida como Abalou Geral.




Redação/Vanilson Rabelo.

PLANTÃO 190: Motocicleta tomada de assalto é recuperada pela PM e devolvida ao legítimo dono


A motocicleta foi entregue ao proprietário pelos Policiais da 2ª CIA de Polícia Militar da cidade de São Mateus, quem tem á frente do comando Capitão Araújo.


Redação/Vanilson Rabelo.

sábado, 27 de agosto de 2016

CAPINZAL DO NORTE: Ato covarde e truculento apoiado pelo candidato a prefeito pelo PCdoB, é registrado em evento na cidade

O evento denominado (Moto Carreata) fez parte da programação de campanha do partido PSDB, no qual tem como candidato a reeleição o prefeito de Capinzal do Norte, Roberval Campelo, e como vice-prefeito Almir Alves.

O horário previsto para dar início ao evento era a partir das 16h00 deste sábado (27), porém foi interrompido por várias pessoas dizendo que estavam promovendo um ato público, mais que na verdade não passou de uma manifestação política partidária. Patrocinada e com a participação direta de candidatos da oposição, como as do candidato a prefeito pelo PCdoB, e de uma candidata a vereadora. Muitas pessoas nem se quer se preocuparam em vestir camisas das cores vermelhas, deixando mais claro ainda o lado partidário, ou seja, simbolizando o partido comunista.

Completamente transtornados e sem um pingo de respeito pelos militantes do PSDB, algumas pessoas que se diziam estar promovendo um “ato público”, partiram para a agressão física, empurrando, chutando, e inclusive jogando pedras em vários veículos. Um desses veículos inclusive é de propriedade de um cadeirante, e que no momento dos ataques estava com várias crianças dentro do carro. Que foi parcialmente destruído pelo ato covarde, o que poderia gerar algo ainda mais grave.

Fontes fidedignas do Blog do Vanilson Rabelo chegaram a afirmar que estavam participando do “ato público” muitas pessoas de fora da cidade, pessoas que foram pagas para um único objetivo, atrapalhar e promover badernas,  para assim prejudicar a moto carreata promovida pelo PSDB.

EM TEMPO: Vale ressaltar ainda, que os próprios moradores da localidade onde ocorreu a baderna, estavam sentados enfrente suas residências, esperando a moto carreata passar, e que nada tiveram haver com os atos de vandalismo registrado na tarde deste sábado (27) em Capinzal do Norte.

Resposta da sociedade Capinzalense.
Depois da tentativa frustrada dos baderneiros, a população em grande número foi às ruas, e participaram com toda a tranqüilidade do ato democrático.



Redação/Vanilson Rabelo.