terça-feira, 4 de abril de 2017

BACABAL: Quebra-molas "Gigante" causa transtornos para população que precisa trafegar pela Av. João Alberto

População revoltada escreveu o nome Palhaçada, se referindo ao "serviço" mau feito.
Um quebra-molas "gigante" que foi construído na Avenida João Alberto em Bacabal está dando o que falar pela cidade. E não é para menos, afinal, pelas leis, os quebra-molas tem um limite de altura a serem feitos em vias, o que nesse caso não foi feito. A construção irregular está causando danos aos veículos e mesmo com toda a repercussão a prefeitura de Bacabal, através da Secretaria de Obras não fez nada até agora, e o problema continua. 

Possíveis motivos pela qual o quebra-molas pode ter sido construído.

De acordo com setores da imprensa televisa local de Bacabal, um dos possíveis motivos (Sem confirmação), do quebra-molas "gigante" ter sido construído na Avenida, seria para dificultar o acesso de caminhões de grande porte para o centro da cidade. Claro informação não confirmada e lida ao vivo, através de aplicativos de mensagens. Se esse for o caso, realmente é de se lamentar, já que inúmeras pessoas estão sendo prejudicadas de forma direta, e o local ainda é alvo fácil para os criminosos cometerem assaltos, tendo em vista que os motoristas tem que reduzir a velocidade para passar por cima do verdadeiro "muro" que foi erguido no lugar de um quebra-molas.

Flagrante de motorista tendo que contar com ajuda de outras pessoas para retirar seu veículo preso em cima do quebra-molas.
Tanto durante o dia como a noite o problema só piora.
Até o presente momento as reclamações acontecem uma atrás da outra. A expectativa é de que o caso seja pauta na sessão da Câmara de Vereadores que deve acontecer nesta quarta-feira (05), pela bancada que faz oposição a atual gestão do prefeito Zé Vieira. 

EM TEMPO: A legislação prevê multa para quem colocar lombadas sem permissão. O responsável, se identificado, ainda poderá ser punido criminalmente por danos materiais e homicídio, se for o caso. Lembrando que a colocação de quebra-molas na zona urbana está a cargo da Prefeitura, que deve indicar, conforme a legislação, a localização, o espaçamento, e o padrão necessário. Portanto, cabe às autoridades municipais apontar a sinalização adequada, claro com base na legislação, colocando placas de indicação de velocidade máxima permitida, evitando assim que o redutor não vire um obstáculo infeliz para os motoristas

O espaço do Blog do Vanilson Rabelo está aberto caso alguém da prefeitura ou secretaria de obras de Bacabal queira se manifestar. 

Redação/Vanilson Rabelo.

3 comentários:

  1. ENQUANTO A JUSTIÇA NÃO SE DECIDIR OS ROUBOS AOS COFRES DE BACABAL VÃO CONTINUAR.

    ResponderExcluir
  2. Palhaçada é pouco pra descrever isso!! Como filho feio não tem pai, "difícil" vai ser achar o autor dessa pérola! Partiu compra de picareta e martelete!

    ResponderExcluir
  3. Sem noção quem fez esse quebra-mola , toda vez que passamos na van para irmos a UEMA sempre passa raspando. E ao invés de fazerem esses "muros" ai, deveriam era tapar os buracos da avenida que esta aumentando cada dia mais.

    ResponderExcluir