quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Dia das crianças promete aquecer vendas no comércio em Bacabal


Última data comemorativa antes do Natal, o Dia das Crianças, é visto por muito comerciantes como uma oportunidade para aquecer as vendas e estimular o hábito de presentear, antes das vendas de fim de ano.
A empresária, Estela Remédios Amorim, não deixou de investir na venda de brinquedos em sua loja esse ano, mas aposta que o maior faturamento virá mesmo com a venda de roupas infantis.

O Dia das Crianças é considerado uma data importante para o comércio em todo o país, não apenas por se tratar da última data comemorativa antes do Natal, mas pela tradição que os brasileiros cultivam de presentear filhos e familiares no dia criado para celebrar o surgimento da Declaração dos Direitos da Criança, que existe para assegurar direitos válidos e essenciais a todas as crianças do planeta como alimentação, amor e educação.

A data, que coincide todos os anos com o feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida padroeira do Brasil, deve gerar mais de R$ 7 bilhões no comércio de todo o país, de acordo com estimativas da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio/RJ). E é de olho nesses números que trabalha a empresária Estela Remédios Amorim, dona de uma loja de artigos infantis há 15 anos. Estela que é proprietária da loja Sapequinha, participa do programa Agente Local de Inovação (ALI), desenvolvido pelo Sebrae, em parceria com Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

“Numa visão geral do meu negócio, o programa tem me ajudado muito, principalmente na parte de gestão e inovação e isso faz com que a minha empresa cresça cada vez mais”, afirma Estela.

A empresária que herdou dos pais comerciantes o amor pelos negócios, deu início a trajetória de uma das mais tradicionais lojas de artigos infantis de Bacabal e região, com um pequeno armarinho montado em casa mesmo, onde comercializava além de outros produtos, artigos infantis. De lá pra cá, já se foram quase duas décadas de muito trabalho e superação.

“Com o passar dos anos a gente vai aprendendo, evoluindo, eu me policio muito em relação as minhas compras, hoje eu sou muito mais cautelosa na hora de comprar para comercializar. Mantenho meu foco na qualidade dos produtos e do atendimento dentro da loja. Agora graças a Deus já projetamos ampliar o nosso negócio, o que acontecerá em breve”, complementa.

Em 2016 a empresária optou por uma estratégia diferente da adotada em anos anteriores. Dessa vez, ela resolveu deixar um pouco de lado a venda de brinquedos e concentrou seus pedidos no produto que acredita ter maior venda nesse Dia das Crianças, as roupas infantis.

“Esse ano eu fiquei com um pezinho atrás com relação à venda de brinquedos. Eu percebi, analisando o mercado, que os pais não comprariam o brinquedo, até por conta do valor elevado de alguns deles, imagino que eles vão preferir dar algo mais útil e até durável como roupas e calçados”, projeta a empreendedora.
E parece que ela fez uma escolha acertada, já que o levantamento realizado aponta ainda que entre os presentes preferidos dos consumidores, estão os artigos de vestuário com 26,2% de intenção de consumo.

Estela observa que a crise enfrentada pelo país nos últimos meses afetou em cheio o padrão de consumo dos seus clientes. Apesar disso, a empresária é otimista e graças a um bom planejamento projeta um crescimento nas vendas em sua loja de 20% em função do Dia das Crianças.

Ainda de acordo com o levantamento realizado pela Fecomércio-MA em parceria com o Sebrae,  que ouviu 700 consumidores na capital do estado entre os dias 01 e 05 de setembro deste ano, 66,1% dos consumidores irão presentear alguém da família no Dia das Crianças e 57,3% deles irão fazer isso com brinquedos. O gerente em exercício da Unidade Regional do Sebrae em Bacabal, Breno Soeiro, destaca a importância do Dia das Crianças para os comerciantes locais que tem na venda de artigos infantis a sua principal fonte de renda.

“O comércio de produtos para crianças é um setor que fatura praticamente o ano inteiro, mas é no Dia das Crianças que eles comemoram seu maior crescimento, afinal de contas todos nós gostamos de presentear as crianças de nossas famílias. O Sebrae, está sempre disposto a auxiliar estes empresários, seja com as mais diversas capacitações para o dia a dia em suas empresas, como também com ações específicas voltadas para esse segmento do mercado” enfatizou Soeiro.

Lucas Santos
Unidade de Marketing e Comunicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário