Páginas

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Em Bacabal, pedagoga da UEMA é vítima de crime de injúria racial...


A professora Núbya Reis, Pedagoga, professora de educação infantil, e professora substituta na Universidade Estadual do Maranhão tornou-se mais uma vítima da intolerância e preconceito racial, o fato aconteceu em pleno centro da cidade de Bacabal. Em lágrimas, a pedagoga descreveu em sua rede social como se tornou mais uma vítima do crime desprezível de injúria racial, uma ação criminosa contra o ser humano,  que tem o intuito de atingir a dignidade e causar na vítima constrangimento e humilhação.

A pedagoga Núbya Reis, resolveu usar as redes sociais para denunciar, pois após ter sido agredida, procurou a autoridade policial e registrou um Boletim de Ocorrência onde narrou os fatos e mesmo levando imagens com a placa do veículo da autora do crime, só conseguiu ouvir das autoridades que “iriam tentar identificar a agressora, mas que seria muito difícil, por ela(Núbya Reis) não saber quem é, e ter apenas a placa do automóvel” , fato, que se juntou a indignação de ter sido vítima de um crime imprescritível e inafiançável de injúria racial onde o autor pode ser punido na forma da lei com reclusão de 2 a 5 anos ou a pena poderá ser dobrada se o crime for cometido por duas ou mais pessoas.




Eu sou a professora Núbya Reis, Pedagoga, professora de educação infantil, e professora substituta na Universidade Estadual do Maranhão, e hoje preciso desabafar com vocês. Essa poderia ser uma postagem para falar de educação ou de qualquer outra das muitas coisas que me interessam, mas hoje, especialmente hoje, quero falar de RACISMO. Talvez, este seja só mais um relato, dos muitos que temos o desprazer de presenciar diariamente, aqueles dos quais vemos, sentimos e silenciamos".


ACOMPANHEM A HISTÓRIA


"Hoje 25/01/2023 ao sair de um supermercado aqui na minha cidade, Bacabal- MA, me deparo com uma senhora vendedora de umas panelas daquelas bem chiques que talvez eu com meu salário de professora nem pudesse pagar. A vendedora loira, sotaque gaúcho, numa Hilux zerada me abordou para oferecer as panelas. Ela foi insistente e eu, educadamente respondi apenas que não tinha interesse no momento. Ela, muito grosseiramente, recolheu seus produtos, colocou na mala do seu carro, que estava estacionado ao lado do meu e começou, sem nenhum motivo aparente, a agredir-me verbalmente com xingamentos RACISTAS. As palavras foram as seguintes “ você merece comer é no alumínio mesmo, alumínio é bosta, sua bosta, sua chimpanzé”. Por alguns segundos imaginei que não fosse comigo (era absurdo demais para ser) então entrei no meu carro, nesse momento ela colocou o carro atrás do meu e continuou com os xingamentos. “ não entra na frente, sua chimpanzé, sai da minha frente” nesse momento o nervosismo, o medo e o choro tomaram conta do meu ser, mas mesmo chorosa, consegui filmar o carro e placa dela. Registrei um BO, porém na delegacia só falaram que iam tentar identificar a agressora, mas que seria muito difícil, por eu não saber quem é, e ter apenas a placa do automóvel. Saí de lá, ainda mais chorosa e magoada. A IMPUNIDADE É CARTA LIVRE PARA QUE AS AGRESSÕES SEMPRE CONTINUEM.Chorei muito, e estou escrevendo esse texto chorando, é triste, humilhante, fere a nossa dignidade e nos fere como pessoa. Eu ainda sonho com um Brasil onde não haja tanto ódio, onde as pessoas possam respeitar as outras, e caso isso não aconteça, precisamos de um Brasil que possa punir esses agressores.

Tá doendo!”


No dia 11 janeiro, de o Presidente da República sancionou sem vetos a Lei 14.532/23, que aumenta a pena para a injúria relacionada a raça, cor, etnia ou procedência nacional. Com a norma, esse tipo de injúria pode ser punida com reclusão de 2 a 5 anos e a pena poderá ser dobrada se o crime for cometido por duas ou mais pessoas. Antes, a pena era de 1 a 3 anos.


Além disso, a nova lei estabelece que terão as penas aumentadas de 1/3 até a metade quando a injúria ocorrer em contexto ou com intuito de descontração, diversão ou recreação. O autor pode ser proibido de frequentar, por 3 anos, locais destinados a práticas esportivas, artísticas ou culturais destinadas ao público, conforme o caso.

A nova legislação se alinha ao entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que, em outubro do ano passado, equiparou a injúria racial ao racismo e, por isso, tornou a injúria, assim como o racismo, um crime inafiançável e imprescritível.

A injúria racial é a ofensa a alguém, um indivíduo, em razão da raça, cor, etnia ou origem. E o racismo é quando uma discriminação atinge toda uma coletividade ao, por exemplo, impedir que uma pessoa negra assuma uma função, emprego ou entre em um estabelecimento por causa da cor da pele.

Reportagem/Osvaldo Maya.

BOM LUGAR: Prefeitura recupera estrada vicinal que liga os povoados Santa Inês do João Rita a Pedra do Salgado...

 

O Governo Cuidando da Gente tem um olhar especial para as estradas vicinais do município, pois são vias não pavimentadas que são usadas como principais conexões entre as áreas rurais e a sede da cidade.

A estrada que liga dos povoados Santa Inês do João Rita e Pedra do Salgado, divisa entre os municípios de Bom Lugar e Vitorino Freire, está sendo totalmente reconstruída pela gestão Marlene Miranda.

Os moradores das comunidades da região e par4a quem usa a via diariamente, fica feliz com os serviços realizado pela prefeitura de Bom Lugar.

"A estrada está no grau, nota 10 para a prefeita, trabalhadora - disse Daniel Vieira - lavrador.

A Prefeitura de Bom Lugar é ciente da importância que essas vias representam para os produtores, agricultores e as famílias bom-lugarenses. Assim sendo, tem colocado a Secretaria de Obras e Infraestrutura, com todo o seu aparato de máquinas, para revitalizar e aparelhar as estradas do município.

" A determinação da prefeita Marlene Miranda é melhorar o acesso dos moradores da zona rural, e aqui na região da Pedra do Salgado não será diferente", disse o secretário adjunta de Obras e Infraestrutura - Irmão Mateus.

terça-feira, 24 de janeiro de 2023

ALTO ALEGRE-MA: Enquanto servidores trocaram carne por ovo para não passarem fome por falta de pagamento, prefeita Nilsilene do Liorne tenta enganá-los com nota de esclarecimento mirabolante...

 

Não que um arroz com ovo, às vezes, não seja bom, uma mistura tradicional na mesa da família brasileira, mas, diariamente, é complicado.

Pois é dessa forma, que muitos pais e mães de famílias, servidores da prefeitura de Alto Alegre do Maranhão, comandada com mãos de ferro, por Nilsilene do Liorne, lançada ao poder em 2020, através de seu esposo Dr. Liorne, ex-prefeito da cidade, estão vivendo nas últimas semanas.

ENTENDA:

Somente metade do pagamento dos funcionários, foi realizado no último dia (10/01), na ocasião, foram creditados o valor de R$ 747,40 nas contas, o que atualmente, dependendo da situação seja casa própria ou alugada, fica praticamente impossível se manter, isso por conta de água, luz, gás, internet, alimentação, numa casa com no mínimo 4 pessoas.


PROMESSA:

Por conta da enorme repercussão, após publicada neste blog, a prefeitura prometeu que iria quitar o restante dos salários no último dia (20/01), o que mais uma vez, não passou de uma promessa vazia.

Agora, recebendo pressão por todos os lados, menos dos vereadores que são de sua bancada de governo e nada fazem em prol do povo que os elegeram; lançou uma nota mirabolante, utilizando a assessoria jurídica da prefeitura, na qual culpa o IBGE, pela “redução no percentual de fundo de participação municipal” (FPM) da cidade, ou seja, tentando repassar pra população afetada pelo não pagamento, que esses só não recebem por causa do “erro” do IBGE durante o censo populacional.

Leia a nota abaixo;


Nilsilene do Liorne tá esquecendo que esses mesmos que estão passando necessidades e devendo o comércio local, são os mesmos que ela vai pedir votos no próximo ano, quando tentará sua reeleição.

Enquanto aguardam, servidores tem que se contentar e pedir as bênçãos, para que nunca falte o bom ovo para servir como mistura do arroz.

É aguardar...

Siga o perfil oficial do Blog do Vanilson Rabelo no instagram, basta clicar no link abaixo;

Redação/Vanilson Rabelo.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2023

Veja a “cara” dos três detentos que fugiram da Unidade Prisional de Bacabal...

 

Como o Blog do Vanilson Rabelo já tinha postado anteriormente, se tratava de uma possível fuga, porém, infelizmente, foi confirmada por fontes dentro da Polícia.

Os três detentos que conseguiram fugir foram identificados como;

Bruno Marinho de Souza

Carlos Eduardo de Oliveira Santos

Sebastião Santos Soares.

A pergunta é, qual o objetivo da direção da UPRB em não comunicar o fato e pedir apoio ao 15º Batalhão de Polícia Militar de Bacabal?

E porque foi orientado a dizerem para a imprensa que se tratava apenas de um "treinamento"?

O BVR acompanha o desenrolar dessa ocorrência e a qualquer momento, mais informações atualizadas...

Redação/Vanilson Rabelo.

NOTINHAS DA NOITE: Suspeito da morte da adolescente Francisca Letícia é preso em São Luís Gonzaga e possível fuga de detentos na UPRB de Bacabal...

Reginaldo, principal suspeito da morte de Francisca Letícia.
 

Para garantir a ordem público e possível fuga do principal suspeito no caso, o Juiz Diego Duarte, da Comarca de São Luís Gonzaga do Maranhão, atendeu ao pedido da autoridade policial, que conseguiu provas suficientes, e expediu o mandado de prisão preventiva em desfavor de Reginaldo.

A prisão foi realizada por investigadores da 16ª Delegacia Regional de Bacabal.

Reginaldo nega o crime, ele será encaminhado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Bacabal, onde ficará à disposição da Justiça.

FUGA DA UPRB.


Por volta das 20h da noite desta segunda-feira (23), informações extraoficiais de uma possível fuga do presídio de Piratininga, deixou a sociedade em alerta máximo.

Porém, até o momento, as informações são desencontradas, e nada oficial foi relatado pelas autoridades policiais da Delegacia Regional, e muito menos foi solicitado qualquer tipo de apoio do 15º Batalhão de Polícia Militar de Bacabal, o que ocorre em situações de fuga de detentos.

De acordo com informações do repórter e apresentador Ray Lima, TV Mearim, ao ir ao local, encontrou alguns policiais penais, próximo a uma área de mato, que o informaram que se tratava apenas de um “treinamento”.

A qualquer momento, mais informações...

Redação/Vanilson Rabelo.

BNDES financiará obras de gasoduto argentino; confirma Lula...

  

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confirmou nesta 2ª feira (23), que o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) financiará parte da obra do gasoduto Néstor Kirchner. O chefe do Executivo classificou críticas ao apoio financeiro do Brasil ao empreendimento argentino como “pura ignorância”.

  

“Eu tenho certeza que os empresários brasileiros têm interesse no gasoduto, nos fertilizantes, no conhecimento científico e tecnológico que a Argentina tem. E, se há interesse dos empresários e dos governos, e nós temos um banco de desenvolvimento para isso, vamos criar as condições para fazer o financiamento que gente puder fazer para ajudar no gasoduto argentino”, disse.

 

Pela manhã, Lula visitou o presidente da Argentina, Alberto Fernández, em Buenos Aires. Ao saírem, deram uma declaração conjunta à mídia brasileira e argentina.

  

A 1ª fase do gasoduto foi concluída e, agora, os argentinos buscam ajuda financeira para continuar a obra. O 2º trecho terá cerca de 500 km e ligará os campos de óleo e gás da região de Vaca Muerta até San Jerónimo, na província de Santa Fé. Em uma fase futura, o gasoduto poderá chegar ao Brasil.

Lula não detalhou como o financiamento será feito e nem o valor. Em dezembro, a secretária de Energia da Argentina, Flavia Royón, anunciou que seu país contava com US$ 689 milhões em financiamento do BNDES para concluir a construção do 2º trecho do gasoduto.

  

Na época, o BNDES, ainda sob o comando do governo de Jair Bolsonaro (PL), emitiu nota em que dizia que não havia tal liberação.

“Com relação ao financiamento, os países maiores têm que auxiliar os países que tem menos condições em determinados momentos históricos. […] O jornalista [que fez a pergunta] sabe do orgulho que eu tinha quando a gente poderia financiar uma obra em um país da América do Sul, porque é isso que os países maiores têm que auxiliar os países menos condições em determinados momentos históricos”, disse.

 

Fernández agradeceu pelo anúncio feito por Lula e disse que as obras de continuidade do gasoduto precisam começar imediatamente para “aproveitar a inércia da construção da 1ª etapa e, rapidamente, chegar ao ponto de repassar o gás que o Brasil precisa”.

“Acho que nós 2 entendemos melhor a missão dos bancos públicos. Aqui na Argentina só temos inveja do BNDES, ferramenta de crescimento incrível”, disse.

 

Para Lula, críticas feitas a operações do BNDES no exterior, muito criticadas em seus mandatos anteriores, são fruto de “pura ignorância”.

“De vez em quando, no Brasil, somos criticados por pura ignorância, pessoas que acham que não pode haver financiamento para outros países. E eu acho que, não só pode, como é necessário que o Brasil ajude a todos seus parceiros dentro das possibilidades econômicas do nosso país. O BNDES é muito grande”, disse.

 

QUEM É ALBERTO FERNANDÉZ

Alberto Ángel Fernández tem 63 anos e está em seu 1º mandato como presidente da Argentina. Tentará a reeleição em 29 de outubro, quando o país realizará eleições presidenciais e legislativas. O calendário oficial, porém, ainda pode ser alterado.

Nascido em Buenos Aires, Fernández é advogado e professor. Foi eleito presidente em 2019 pelo partido Justicialista, de esquerda, depois de derrotar o então presidente Maurício Macri, que tentava se reeleger. Sua vice-presidente é a ex-presidente Cristina Kirchner.

Entre 2003 e 2008, Fernández foi chefe de gabinete do ex-presidente Néstor Kirchner e de parte do governo de Cristina Kirchner. Os 2 romperam quando o atual chefe do Executivo tornou-se crítico do kirchnerismo. Em 2019, no entanto, voltaram a se aliar para formar a chapa presidencial. Atualmente, estão afastados novamente.

Do Poder360.

domingo, 22 de janeiro de 2023

Polícia Civil procura 4º suspeito por participação em chacina no DF...

 

A investigação apontou o envolvimento de Carlomam dos Santos Nogueira, de 26 anos.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) procura um quarto suspeito de participar da chacina da família da cabeleireira Elizamar Silva, 39 anos. A investigação apontou o envolvimento de Carlomam dos Santos Nogueira, de 26 anos. De acordo com a 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), policiais civis encontraram impressões digitais de Carlomam no cativeiro usado pelos criminosos e também no carro de uma das vítimas.

O crime envolve o desaparecimento de 10 pessoas da mesma família. Até o momento, já foi confirmada a morte de sete pessoas. O sétimo corpo localizado na última quarta-feira (18), pela PCDF estava enterrado no cativeiro onde teria sido mantida parte da família. A vítima é Marcos Antônio Lopes de Oliveira, sogro da cabeleireira.

Os corpos da cabeleireira Elizamar Silva, de três filhos dela, da sogra e de uma cunhada foram encontrados entre sexta (13) e sábado (14). As seis vítimas foram encontradas carbonizadas dentro de dois veículos, localizados em estradas de Goiás e de Minas Gerais. Duas delas teriam ficado no cativeiro antes da morte. A Polícia Civil do DF agora procura o marido da cabeleireira. Também estão desaparecidas uma ex-mulher do sogro de Elizamar e uma filha dele.

Investigação

Três pessoas suspeitas de participação no crime foram presas na terça-feira (17), um homem de 34 anos, detido à noite, que seria responsável por vigiar o cativeiro, e outros dois, de 56 e 49 anos, capturados anteriormente. De acordo com a PCDF, um dos presos afirmou que pai e filho seriam os mandantes do sequestro da família e que o objetivo era ficar com o dinheiro da venda de uma casa. Mas, com o encontro do corpo da última quarta-feira (18), crescem as suspeitas de que eles também tenham sido mortos.

“Desde o início da investigação estávamos trabalhando com a hipótese de esses dois indivíduos que foram presos [os homens de 56 e 49 anos] terem subtraído vultosas quantias dessa família e eliminando uma a uma as pessoas”, afirmou o delegado Viana, na entrevista à TV. “As pessoas que não foram encontradas até o momento podem ser vítimas.”

O crime

Elizamar e as crianças desapareceram na quinta-feira (12). Os quatro foram vistos pela última vez ao sair da casa dos avós paternos das crianças. A cabeleireira teria ido à casa da sogra a pedido do atual marido. Depois de ela sair do local com os filhos, não manteve mais contato com os familiares. No dia seguinte, foi comunicado às autoridades o sumiço da mãe e da irmã do marido de Elizamar. Os policiais localizaram um Renault Clio queimado na região de Cristalina, a 20 quilômetros da divisa do estado com o Distrito Federal, na sexta (13).

No veículo foram encontrados os corpos de uma mulher e de três crianças. Elizamar era moradora de Santa Maria e dona de um salão de beleza.

No dia seguinte, a polícia foi acionada novamente para averiguar um segundo carro carbonizado, desta vez deixado às margens de uma estrada próxima a Unaí (MG). Dois corpos de adultos estavam dentro de um Fiat Siena.

Siga o perfil oficial do Blog do Vanilson Rabelo no instagram, basta clicar no link abaixo;

Claudia Raia é criticada após captar R$ 5 milhões da Lei Rouanet...

 

Portaria foi publicada no Diário Oficial da União e nome da atriz ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter na última quinta-feira (19).

Claudia Raia virou um dos assuntos mais comentados do Twitter na última quinta-feira (19), ao ser divulgado que a atriz teve autorização para captar um pouco mais de R$ 5 milhões através da Lei de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, para a produção do espetáculo “Claudia Raia — Os Musicais”.

O anúncio sobre a aprovação do projeto da atriz foi publicado no Diário Oficial da União um dia depois de o Ministério da Cultura liberar cerca de R$ 1 bilhão em recursos captados pela lei, que haviam sido bloqueados pelo governo de Jair Bolsonaro.

A notícia fez com que apoiadores do ex-presidente logo se manifestassem contra a classe artística. “Voltaram a sugar as tetas do Estado”, começou ironizando um internauta, ao compartilhar o projeto da atriz. O mecanismo de incentivo à cultura é apontado pelo ex-governo como um atalho para a “mamata” de artistas.

Outro seguidor ainda lembrou que Claudia Raia apoiou a indicação de Margareth Menezes para a ministra da Cultura: “Foi só ela elogiar a ministra da “curtura” que recebeu R$ 5 milhões e a bilheteria dos shows também vai ficar para a Claudia Raia. E ainda tem R$ 10 bilhões para distribuir aos artistas lacradores.”

Segundo consta no site do Ministério da Cultura, o projeto foi aprovado mas ainda não teve a captação de recursos iniciada. Serão 48 apresentações, divididas em dois espetáculos. As salas escolhidas terão capacidade para cerca de 600 espectadores.

Assim, cada entrada custará entre R$ 50, faixa limite para os bilhetes do Vale-Cultura, e R$ 300, sendo 10% dos ingressos distribuídos de forma gratuita. Como contrapartida social, Raia se comprometeu a executar uma “atividade formativa de 40 horas sobre a prática de artes cênicas e o mercado profissional para atores”, em aulas oferecidas a mil estudantes de escolas e universidades públicas.

Siga o perfil do Blog do Vanilson Rabelo no instagram, basta clicar no link abaixo;

BACABAL: Prefeitura entrega kits de trabalho aos agentes de controle de endemias...

 

Na manhã de quinta-feira, 19, a Prefeitura de Bacabal por meio da Secretaria Municipal de Saúde, entregou 62 kits de proteção individual para os agentes de controle de endemias. O evento aconteceu no auditório da Unidade Básica de Saúde do Centro e contou com a presença do secretário de Saúde James Soares; a coordenadora da Atenção Básica Eduarda Vieira; o vereador Alberto Sobrinho e as secretárias de Educação, Rosilda Alves e Articulação Política, Doralice Veloso.

O novo kit é composto por 02 conjuntos de calças com camisa manga longa e camiseta; 01 boné; 01 bandeira indicativa; 01 bolsa e 01 par de botas. “Esses kits além de trazer segurança aos agentes, também facilitam o acesso ao domicílio. E com isso, nos ajuda nos nossos trabalhos, em casas fechadas, onde existem recusas no decorrer do trabalho”, destacou Vicente Ferreira, coordenador de Endemias de Bacabal.

O vereador Alberto Sobrinho destacou a importância do trabalho da categoria. “Vocês são importantes para nós. A gente realmente conhece e reconhece a dedicação de vocês. E realmente vocês são pessoas credibilizadas para entrarem nas casas dos bacabalenses e isso é de grande importância. E esses EPI ́ s irão possibilitar que vocês trabalhem de maneira mais segura, de maneira confortável”.

O secretário James Soares, enfatizou o compromisso da gestão do prefeito Edvan Brandão com a categoria, garantindo assim dignidade e condições de trabalho para os servidores. “O prefeito Edvan Brandão, solicitou a compra destes EPI´s e aqui estamos fazendo a entrega para os Agentes de Endemias, que irão estar equipados, identificados e prestando um serviço com mais facilidade à população. Aproveitamos para parabenizar a todos pelos serviços prestados à nossa população”, afirmou James.

Assecom/Bacabal.