Páginas

domingo, 21 de abril de 2024

CAJARI-MA: Camyla Jansen desafia prefeito em meio à polêmica sobre falta de aulas...

Camyla Jansen.

Na última terça-feira, a ex-prefeita de Cajari, Camyla Jansen, lançou um desafio público ao atual prefeito, Constâncio Souza, em meio a uma crescente polêmica sobre a falta de aulas no município. Em uma declaração enfática, Camyla Jansen apontou diretamente para Constâncio Souza como o único responsável pelo impasse educacional que assola a cidade.

O desafio proposto pela ex-prefeita consiste em realizar uma audiência pública, na presença do Ministério Público, da juíza, do atual gestor e vereadores, com o objetivo de esclarecer a verdade por trás da ausência de aulas. Camyla Jansen sustenta que a culpa recai unicamente sobre os ombros do prefeito atual, alegando que sua gestão é marcada por um “discurso mentiroso e mal-intencionado”. Com o proposito único de prejudica-la politicamente.

Em suas declarações, Camyla Jansen destaca um episódio ocorrido no ano passado, no qual Constâncio Souza teria encaminhado a câmara municipal, um projeto de concurso público após um acordo assinado na justiça. No entanto, segundo ela, o próprio prefeito teria instruído sua base de vereadores a reprovar o projeto, comprometendo o funcionamento das aulas no ano seguinte. Relembrando sua própria gestão, Camyla Jansen enfatiza que, mesmo diante de inúmeras dificuldades, como a pandemia e mudanças de presidentes da república, nunca houve interrupção das aulas em seu mandato. Ela ressalta a importância de esclarecer a verdade para que a população não seja manipulada por informações falsas.

Diante desses desdobramentos, o embate político em Cajari atinge um novo patamar, com a ex-prefeita desafiando abertamente o atual gestor a enfrentar a verdade dos fatos. Resta agora aguardar a resposta de Constâncio Souza e acompanhar os desdobramentos dessa disputa que tem como pano de fundo o acesso à educação na cidade.

sábado, 20 de abril de 2024

OPINIÃO: Lixão de Bacabal e seu "uso político" de quatro em quatro anos...

Reprodução/Instagram Romário Alves Bacabal.


Olá queridos (as) leitores (as) deste blog, gostaria de agradecer mais uma vez pela importância de sua honrosa audiência que só contribui para o fortalecimento do Blog do Vanilson Rabelo, ao longo desses anos, e pedir desculpas pelas demoras em postagens recentes, estávamos enfrentando um problema técnico que já foi resolvido e agora voltamos a normalidade, com matérias que serão postadas com maior frequência  a partir da próxima segunda-feira (22). 

Mas, vamos ao que interessa, o lixão de Bacabal e seu "uso político" que sempre ocorre de quatro em quatro anos, que é justamente o período de eleição municipal.

Antes, destaco que toda e qualquer manifestação desde que realizada pelo povo de forma pacífica e em favor do bem maior, é, e sempre será de grande importância para a coletividade sem dúvida, e quem diz o contrário, desconhece ou é a favor de censura.

De ontem para hoje (sábado), acompanhando as redes sociais, pois assistir TV local há muitos anos não o faço, me chamou atenção os protestos de moradores que residem nas proximidades do lixão de Bacabal, até aí tudo bem, pois não é de agora que eles reivindicam uma solução para esse problema, que já dura há anos e que, inclusive recordo-me bem, afinal eu estive presente fazendo a cobertura policial em 2012, de um “confronto” entre população e policiais militares do 15º BPM, na época, algumas pessoas chegaram a ser conduzidas para a delegacia por desobediência a ordem judicial e desacato aos policiais.

Apontar o dedo e escolher culpados.

É válido aqui enfatizar que não é questão de apontar o dedo e dizer quem foi e quem de fato é o culpado, pois antes do atual prefeito Edvan Brandão assumir a cadeira, outros passaram pelo cargo nesses 104 anos de município, e o lixão? continuou e continuará no mesmo lugar assim que Edvan deixar o governo. O problema? esse será transferido e se tornará uma responsabilidade do próximo gestor municipal que, dificilmente, irá solucionar sem o apoio irrestrito de outros políticos e representantes do povo. 

Porém, é evidente que o prefeito por ser a autoridade máxima do executivo local, tem ciência que o povo daquela localidade tem sofrido e seu compromisso em resolver a questão deve ser sempre mantido. Sem ouvir claro, aqueles que lhe rodeiam e que querem lhe blindar das críticas – pois essas, para todas as pessoas que são ou querem se tornar públicas, irão receber, sejam elas críticas construtivas ou negativas, não tem jeito, ninguém nunca vai agradar a todos ou ambos os lados.

Uso politiqueiro ou falácias.

Acompanhando os debates em grupos de trocas de mensagens instantâneas; em torno do assunto lixão, observo que as “teorias” relacionadas ao “patrocínio” político para manifestantes teria sido realizado, se de fato isso aconteceu, é lamentável, pois ao invés de ajudar os moradores realmente prejudicados, acaba se tornando um ato politiqueiro em detrimento da valorização da causa – uma campanha eleitoral em cima da “desgraça alheia” e quem perde com isso, é só aqueles que de fato sentem os problemas na pele e diariamente; detalhe, o tal patrocínio não é algo confirmado, portanto, até o momento pelo menos, apenas falácias de grupos de WhatsApp.

É aguardar...

quinta-feira, 18 de abril de 2024

ESCÂNDALO POLÍTICO: Filiação fraudulenta abala credibilidade do Grupo de Viliane Oliveira; em Olho D'Água das Cunhãs...


Nos últimos dias, o cenário político de Olho D’Água das Cunhãs tem sido palco de uma batalha acirrada entre os grupos de oposição, com o destaque para os embates entre o grupo liderado por Viliane Oliveira e o grupo da Dra. Amanda Assunção. No entanto, um escândalo recente lançou uma sombra sobre a integridade do grupo de Viliane Oliveira, no qual envolve uma filiação partidária fraudulenta que abalou a credibilidade política local.

O centro da controvérsia está na filiação irregular do Dr. Caio Oliveira ao Partido Liberal (PL), liderado por Viliane Oliveira. Após ter manifestado publicamente seu apoio à Dra. Amanda Assunção e participado do ato de filiação ao União Brasil, partido da Dra. Amanda, o Dr. Caio viu-se surpreendentemente filiado ao PL, sem qualquer consentimento prévio.

A situação tomou contornos ainda mais graves quando Dr. Caio, juntamente com a direção do União Brasil, acionou judicialmente o cancelamento dessa filiação, alegando fraude e falta de consentimento. O processo, registrado sob o número 0600020-47.2024.6.10.0087, expôs a utilização de verdadeira má-fé por parte do grupo de Viliane Oliveira, evidenciando práticas questionáveis e antiéticas no jogo político local.

Esse episódio lança dúvidas sobre a integridade do grupo de Viliane Oliveira e levanta sérias preocupações sobre a ética e transparência nas atividades políticas em Olho D’Água das Cunhãs. A falta de escrúpulos demonstrada na filiação fraudulenta de Dr. Caio revela um padrão preocupante de comportamento, que não condiz com os princípios democráticos e a honestidade que se espera dos representantes políticos.

Diante desse escândalo, a população de Olho D’Água das Cunhãs exige respostas claras e medidas concretas para assegurar a lisura do processo político e a integridade das instituições. É imprescindível que as autoridades competentes investiguem a fundo esse caso e tomem providências para garantir que tais práticas abusivas não voltem a ocorrer, protegendo assim a democracia e os direitos dos cidadãos desta comunidade.

Polícia Federal realiza operação na prefeitura de Vitorino Freire...

Segundo a Polícia Federal a prefeitura recebeu via orçamento secreto e inserção de dados falsos no sistema do SUS quase R$ 5 milhões.

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (18), a Operação Hygeia, com o objetivo de apurar desvios de recursos federais destinados a área de saúde do município de Vitorino Freire-MA.

A investigação identificou a atuação de grupo criminoso responsável pela inserção de dados falsos nos sistemas do Ministério da Saúde, visando o aumento dos repasses federais decorrentes de emendas parlamentares, notadamente do tipo RP9, conhecidas como “Orçamento Secreto”.

Com a fraude, a produção ambulatorial do município alcançou o valor per capita de R$ 1.057,00, enquanto a média nacional foi de apenas R$ 164,77. Tal discrepância foi ocasionada, principalmente, pelo registro de 800.408 consultas médicas somente no ano de 2021.

Nessa esteira, auditoria da CGU/MA constatou que grande parte dos valores das emendas parlamentares foi direcionada a um contrato de fornecimento de mão de obra médica, em um possível conluio entre empresário e servidor da Secretaria Municipal da Saúde de Vitorino Freire, a fim de promover a frustração do caráter competitivo de certame, fraude contratual e superfaturamento.

Na ação de hoje, policiais federais cumprem, nas cidades de São Luís/MA e Belém/PA, 2 mandados de busca e apreensão expedidos pela Subseção Judiciária de Bacabal.

A Justiça Federal também determinou o sequestro e bloqueio de bens e valores dos investigados até o limite de R$ 4.566.983,99, a suspensão do exercício de função pública ao servidor municipal e a suspensão do direito de participar de licitações e contratar com órgãos públicos ao empresário investigado e sua empresa. 

Apuram-se, no caso, as possíveis práticas dos crimes de inserção de dados falsos em sistema de informação, fraude licitatória, superfaturamento contratual e peculato. O nome da operação faz referência à deusa da preservação da saúde na mitologia grega, pois, considerando os dados adulterados em Vitorino Freire, cada morador teria realizado 25 consultas apenas no ano de 2021, patamar muito superior à média sugerida pelo próprio Ministério da Saúde, que é de 2 a 3 consultas por ano.

As investigações prosseguem com a análise do material apreendido na presente data.

segunda-feira, 8 de abril de 2024

LIBERTAÇÃO: Vereador Luan Rogério sai do partido de Dr. Júnior e filia-se em outro para concorrer ao cargo de prefeito em São Luís Gonzaga...

Vereador Luan Rogério e Dr. Júnior.
 

Os bastidores políticos no município de São Luís Gonzaga do Maranhão estão pegando “fogo”.

Como é de conhecimento de todos que acompanham a política local daquela cidade, o atual prefeito Dr. Júnior que está em seu último ano de mandato, colocou como exigência para seu possível sucessor, “ser filiado ao seu partido político o (PDT), e só irá dizer o candidato depois que fechar a janela eleitoral.

De forma inteligente, o presidente da Câmara e pré-candidato a prefeito, Luan Rogério não assustou o ditador Dr. Júnior, se articulou e no último momento, apresentou seu partido, o que não o deixou ficar refém do prefeito de São Luís Gonzaga, que é de conhecimento público, trama dar um golpe em seus aliados mais próximos.

O outro lado

Já numa situação ruim ficou o outro pré-candidato a prefeito, Rafael Luís, que diz que vai fazer “O povo feliz”, mas, pelo visto, caiu no conto do vigário, ou melhor, no conto do prefeito tirânico Dr. Júnior, Rafael Luís pegou o que é conhecido popularmente como “Balão”, uma verdadeira rasteira.

Acontece que mesmo com todas as pessoas sabendo, a cidade afirmando a baixa popularidade e aceitação ao nome do tio do prefeito, Rafael Nani, o ditador que está no último ano de mandato deverá mesmo indicar o parente – o que não condiz com a própria ideologia do grupo de situação; o que só demonstra a ganância e prepotência do gestor municipal.

O BVR teve acesso a informações dos senadinhos da cidade, que o pré-candidato a prefeito Rafael Luís não pede segredo, e se caso o golpe se confirme, vai romper e virar inimigo político histórico de Dr. Júnior.

É aguardar...

quinta-feira, 4 de abril de 2024

MPMA investiga aplicação de empréstimos milionários na precária infraestrutura de Ribamar...

O promotor Frederik Bacellar Ribeiro, da comarca de São José de Ribamar, instaurou um inquérito civil para investigar a aplicação dos recursos provenientes dos empréstimos contraídos pela gestão de Dr. Julinho destinados ao asfaltamento de avenidas, instalação de bloquetes e serviços de drenagem na região do Parque Araçagi.

Em julho de 2023, o gestor conseguiu a aprovação do crédito financeiro de R$ 40 milhões junto ao Banco de Brasília (BRB) com a promessa de investir na melhoria da infraestrutura urbana do terceiro maior município do estado, que enfrenta problemas sérios de saneamento, transporte urbano e trafegabilidade dos bairros e zona rural. Contudo, a população continua denunciando vários problemas na cidade balneária.

O MPMA determinou a coleta de informações, depoimentos e perícias para concluir as investigações, que podem levar à instauração de ações civis ou penais, caso necessário.

Ministério Público do Maranhão investiga aplicação de recursos em Magalhães de Almeida...


O Ministério Público do Estado do Maranhão (MPMA) anunciou a instauração de um inquérito civil para investigar a aplicação dos recursos destinados ao município de Magalhães de Almeida/MA. A medida foi tomada após a constatação da necessidade de apurar a correta utilização dos recursos provenientes de transferências especiais, decorrentes da Emenda Constitucional (EC) 105/2019, popularmente conhecidas como “Emendas Pix”.

 

A portaria de instauração do inquérito, identificada sob o número 52024, destaca a importância de verificar o destino e a aplicação dos recursos públicos direcionados ao município. Essas transferências especiais têm sido objeto de atenção especial devido à sua relevância para o desenvolvimento local e para a prestação de serviços essenciais à população.

 

Magalhães de Almeida, assim como diversos outros municípios brasileiros, depende desses recursos para promover melhorias em áreas como saúde, educação, infraestrutura e assistência social. Portanto, é fundamental assegurar que tais verbas sejam aplicadas de acordo com os interesses coletivos e em conformidade com a legislação pertinente.

 

A iniciativa do Ministério Público do Maranhão reforça o compromisso com a transparência na gestão pública e com a fiscalização dos recursos destinados ao desenvolvimento municipal. A investigação visa garantir que os recursos públicos sejam empregados de maneira eficaz e transparente, beneficiando efetivamente a população de Magalhães de Almeida.

 

Neste contexto, o MPMA assume um papel fundamental na defesa dos interesses da sociedade e na promoção da accountability dos gestores públicos, assegurando que os recursos financeiros sejam utilizados de forma ética e responsável.

 

A partir da instauração do inquérito, serão realizadas diligências, análises documentais e outras medidas necessárias para elucidar a aplicação dos recursos em questão. A transparência e a participação cidadã serão elementos-chave durante todo o processo investigativo, garantindo que a população seja devidamente informada sobre os desdobramentos e resultados dessa importante ação do Ministério Público.

 

Diante desse cenário, espera-se que a investigação proposta pelo MPMA contribua para fortalecer a gestão pública em Magalhães de Almeida, promovendo uma administração mais eficiente e transparente, em benefício de todos os cidadãos do município.

Ex-prefeito de Lago do Junco está inelegível até 2028...

 

A cidade de Lago do Junco está em choque com a revelação de um escândalo que tem como protagonista o ex-prefeito Osmar Fonseca. Ele foi detido sob acusações graves de desvio de fundos públicos, totalizando uma quantia de mais de R$ 18 milhões.

 

As acusações contra o ex-prefeito não param por aí. Seu nome figura na lista de contas julgadas irregulares para fins eleitorais pelo Tribunal de Contas da União (TCU), adicionando mais um elemento de gravidade a essa situação.

 

Um dos casos que levaram à condenação de Osmar Fonseca foi o processo de n° 035.322/2015-2, no qual foram identificadas uma série de supostas irregularidades. Este processo atingiu o status de trânsito em julgado em 24 de outubro de 2020, com uma data final prevista para 24 de outubro de 2028.

 

As investigações sobre as atividades de Fonseca revelaram um padrão de conduta criminosa, envolvendo o desvio sistemático de recursos públicos que deveriam ser destinados ao benefício da população.

 

A prisão de Fonseca é um lembrete contundente dos perigos da corrupção e do desvio de recursos públicos. Apesar disso, os aliados de Osmar Fonseca têm afirmado que ele será candidato, buscando ludibriar a população juncoense.

 

Essa postura demonstra uma clara tentativa de burlar as leis e de enganar os eleitores, minando a confiança no sistema político e na integridade das eleições.

A obrigação moral e correta que o prefeito Edvan Brandão deve tomar em exonerar o secretário de finanças de Bacabal...

Há um ditado que diz, “quem avisa amigo é”, nesse caso, quem alerta amigo é, seria importante que o prefeito Edvan Brandão, que há quase 8 anos governa a cidade de Bacabal, exonerasse o atual secretário municipal de finanças do município, Francisco de Sousa Lima Neto, além do adjunto da pasta Alencar.

Até para mostrar para a sociedade bacabalense que não é conivente com os crimes que pesam contra o secretário, que é de acordo com investigações da Polícia Civil, da 16ª Delegacia Regional de Bacabal, integrante de um esquema de vendas indevidas de placas vermelhas a falsos taxistas na cidade e região.

Operação essa que já prendeu inclusive, um funcionário do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão; sendo o secretário Francisco de Sousa Lima Neto, o adjunto da pasta identificado como Alencar, e um empreendedor do ramo de Lan House conhecido como Verneick, considerados foragidos pela Polícia Civil.

É por essa razão que Edvan Brandão utilize neste momento de seu poder de prefeito municipal e conduta ilibada, e mostre ao povo, que não concorda com atos ilícitos praticados, ou em que há suspeitas dessas práticas, por aqueles que fazem parte de seu governo, pelo menos até que as investigações sejam esclarecidas na esfera policial/judicial.

O espaço do BVR está aberto caso os citados queiram se pronunciar.

Por Vanilson Rabelo.

Polícia Civil realiza operação para combater esquema que beneficiava falsos taxistas em Bacabal...

 

Um funcionário do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), foi preso, nesta quinta-feira (04), em uma operação de combate a um esquema de venda indevida de placas vermelhas a falsos taxistas em Bacabal. Outros dois suspeitos já foram presos. O secretário de Finanças da Prefeitura de Bacabal também é alvo da operação.

Os policiais saíram para cumprir, ao todo, 12 mandados de busca e apreensão e quatro de prisão. Três desses mandados de prisão já foram cumpridos. Até o momento, quatro carros e quatro motos também já foram apreendidos.

O objetivo da operação é combater um esquema de facilitação da venda de placas vermelhas. Condutores, que não atuam no serviço de táxi, estavam recebendo a placa vermelha para ganhar benefícios indevidos, como descontos na compra de carros, isenção e redução de impostos.

De acordo com o delegado de Bacabal, Égiton Rocha, as placas eram vendidas no valor entre R$ 5 mil e R$ 20 mil. Para a emissão das placas, o grupo criminoso produzia declarações falsas de taxistas.

“Essa operação decorreu de uma investigação há aproximadamente dois meses quando a gente começou a fazer levantamento de vendas de vagas de taxistas de forma paulatina. De 2023 para cá essas vendas se intensificaram. O secretário de Finanças do município, juntamente com o secretário-adjunto, se utilizava de intermediadores para vender essas placas para pessoas comuns, que são servidores públicos, trabalham na iniciativa privada, são pessoas que não exercem efetivamente a profissão de taxista, mas se utilizavam desse benefício para conseguir isenção tributária de ICMS na compra de carros novos e no pagamento do IPVA”, explicou o delegado.

Do Imirante.

SÃO LUÍS GONZAGA-MA: Dr. Júnior leva sua trama a frente e segue dando um golpe em Luan Rogério e Rafael Luís...

Prefeito Dr. Júnior. 

O cenário político em São Luís Gonzaga está tenso, diante da sucessão municipal, lá, pelo grupo da situação, existem dois nomes notáveis, o presidente da Câmara vereador Luan Rogério, e o Secretário Rafael Luís, os dois, andaram anos e agora estão prestes a pegar um golpe do prefeito Dr. Júnior e se amarrar no seu partido (PDT).

Enquanto isso, pelo lado da oposição tem a forte pré-candidata a prefeita Maria José Carvalho, que está na cidade e já se articula com seu grupo político, ao contrário do que muitos pensavam, ela vai sim disputar as eleições.

O BVR recebeu algumas informações dos senadinhos da cidade; o clima no grupo do prefeito é de tristeza, e para muitos é de medo, Dr. Júnior tem se comportado como um verdadeiro ditador, só vai dizer o candidato depois que amarrar os dois principais nomes, para assim, colocar seu tio Secretário Rafael Nani, que tem baixa aceitação popular e não condiz com o discurso de anos do prefeito, em colocar um filho da terra.

Assim como ele chama sua adversária Maria José Carvalho, de forasteira, Rafael Nani, Paranaense também é, ou quem nasce no estado do Paraná é gonzaguense?

O Blog do Vanilson Rabelo já tem informações privilegiadas de que o presidente da Câmara Luan Rogério, não aceitou essa humilhação e já pulou fora, o mesmo já tem ao seu comando o partido PP, do Ministro Fufuca, e vai tentar uma terceira via. O outro pré-candidato Rafael Luís segue amarrado no PDT, caiu na conversa de Dr. Júnior e todos em São Luís Gonzaga dizem que será enganado.

A pergunta é; será se Rafael Luís vai aceitar ou vai pular fora do barco de Dr. Júnior também?

É aguardar...

quarta-feira, 3 de abril de 2024

O abandono de São Mateus e seu retrato maranhão à fora; a realidade que Thiago Resende irá implantar caso seja eleito prefeito em Alto Alegre do Maranhão...

Prefeito de São Mateus Ivo Resende e seu irmão Thiago Resende.

O povo são-mateuense é sabedor que o atual prefeito Ivo Resende, comete e pratica uma mentira atrás da outra, e com isso, toda a comunidade segue sendo ludibriada.

Desde quando foi eleito, são centenas de promessas já feitas desde sua campanha até hoje que nunca foram cumpridas e nem serão, e como esse ano é ano de eleição municipal, Ivo Resende, mais uma vez, segue fazendo promessas de colocar São Mateus do Maranhão no caminho do progresso.

Ivo Resende e seu irmão, que sonha em ser prefeito da vizinha cidade de Alto Alegre, fazem juntos, jus ao ditado popular “solto na buraqueira”, pois se refere a uma (nesse caso duas), pessoas que não estão nem ai para nada – e enquanto o povo da cidade sofre – o prefeito curte viagens caras à Brasília, e São Luís, além do irmão, custeando uma pré-campanha já “salgada” em Alto Alegre onde tem investido pesado, aproveitando a péssima administração e alta rejeição da prefeita Nilsilene do Liorne.

UTI Administrativa.

Bem localizado e cortado por uma rodovia federal, São Mateus do Maranhão sofre com o descaso proporcionado pela gestão Ivo Resende.

E o retrato desse abandono é visto nos quatro cantos da cidade, seja na infraestrutura, educação e, principalmente, na área da saúde pública.

O município vive um cenário de caos em obras inacabadas, mato e buracos tomam conta de tudo e a população sofre com as incertezas que o futuro pode lhes proporcionar. Ivo Resende desde que foi eleito, se mostra incapaz de gerir a coisa pública, e nem sequer liga para as denúncias e sofrimento que seu povo tem passado durante o período  de seu governo tirânico.

Marca de sua gestão.

Ao longo desses quase quatro anos de mandato, a marca da gestão Ivo Resende que é auxiliado pelo seu irmão Thiago Resende, que exerce o cargo de secretário municipal e que sonha em ser prefeito de Alto Alegre do Maranhão – tem sido o desmonte de políticas públicas que atendem a população mais pobre de São Mateus.

Lixo, buracos nas ruas, entulhos, praças abandonadas, salários de servidores atrasados, fornecedores sem receber o que lhes é devido pelos serviços prestados, um verdadeiro caos administrativo.

“Nosso povo pede socorro, nosso sentimento é de abandono”, relatou um morador.

Que ainda acrescentou; “com o período chuvoso, os buracos espalhados pela cidade viraram piscinas públicas”.

Conclusão

A cidade de São Mateus, administrada por Ivo Resende está entregue às traças, ao abandono, à falta de administração comprometida com os reais problemas da cidade, e é exatamente isso, que o sonhador Thiago Resende sonha em fazer se chegar ao cargo de prefeito na vizinha cidade de Alto Alegre do Maranhão.

É aguardar...

Filho de Lula é acusado pela ex de agressões físicas e psicológicas...

 

Médica com quem Luís Cláudio Lula da Silva vive há dois anos prestou queixa na Delegacia da Mulher de SP.

Luís Cláudio Lula da Silva, de 39 anos, filho mais novo do presidente Lula, foi denunciado por sua companheira, uma médica de 29 anos, por agressão física e psicológica. O registro da ocorrência foi realizado na tarde desta terça-feira (02), na Delegacia da Mulher, em São Paulo. Luís Cláudio e a denunciante vivem uma união estável há dois anos.

As informações constam no boletim de ocorrência registrado junto à polícia.

Durante o depoimento dado por telefone, a mulher relatou que desde o final de janeiro tem se desentendido com o companheiro e que em uma ocasião Luís Cláudio teria dado uma cotovelada na arriga dela.

A médica também contou para a polícia que, em diversas ocasiões, sofreu abusos psicológicos com Luís Cláudio a ofendendo com xingamento como “vagabunda, gorda, feia e doente mental”.

Aos policiais, a mulher também contou que não havia registrado boletim de ocorrência anteriormente, pois teria sido intimidada, “uma vez que o autor das agressões é filho do presidente da república” e teria se utilizado dessas condições para ameaçar “acabar com a alma dela”, além de dizer que ninguém acreditaria em sua narrativa.

No boletim de ocorrência, também consta a informação sobre o afastamento da mulher do trabalho por um mês devido ao trauma causado pelas agressões. Ainda segundo o documento, ela chegou a ser hospitalizada com crises de ansiedade.

A mulher contou, também, que em determinada oportunidade, Luís Cláudio chegou alcoolizado em casa e tentou forçar a entrada no quatro, mesmo com os pedidos de distância feitos por ela.

REDES SOCIAIS.

Nesta terça-feira, a médica fez uma séria de postagens na rede social Instagram em alusão a ideologia do filho do presidente, que não era seguida dentro de casa.

Após o caso ganhar repercussão ela fez outra postagem, já apagada, onde a médica pediu para que as pessoas não relacionassem o caso envolvendo Luís Cláudio com o presidente Lula. “Por favor, deixem o Lula e a família dele em paz. Ele não tem nada a ver com isso”, diz trecho da mensagem.

Em outro trecho, a médica diz: “Parem de responsabilizar os familiares por maldades de um homem adulto de 40 anos. São pessoas totalmente diferentes. Respeitem a família Lula”, diz.

OUTRO LADO.

Em nota publicada no Instagram, o filho do presidente Lula, Luís Cláudio, publicou um texto assinado pela advogada Carmem Silva Costa Ramos Tannuri com o seguinte teor:

“Na condição de Advogada de Luís Cláudio Lula da Silva, tomamos conhecimento das fantasiosas declarações que teriam sido proferidas pela médica, atribuindo ao nosso cliente inverídicas e fantasiosas agressões, cujas mentiras são enquadráveis nos tipos de delitos de calúnia, injúria e difamação, além de responder por reparação por danos morais, motivos pelos quais serão tomadas as medidas legais pertinentes”.

segunda-feira, 1 de abril de 2024

“Cão de guarda” de prefeito do Maranhão dá um tapa no rosto de cidadão que reclamou de rua esburacada...

 

O flagrante foi feito na cidade maranhense de Estreito.

Lá, ao que parece retornou aos tempos de coronelismo; ninguém pode reclamar de nada e nem muito menos fazer sequer uma cobrança ao prefeito da cidade, com relação à administração pública, que corre sério risco de tomar uma surra.

E foi justamente isso que ocorreu com um cidadão identificado como “Adauto”, ele que teria gravado um vídeo em suas redes sociais cobrando melhorias para sua rua.

O vídeo foi gravado durante o dia, porém, horas mais tarde já no período da noite, em um bar da cidade, o mesmo Adauto aparece em um vídeo conversando com um indivíduo identificado como Quintino Pereira de Arruda, nomeado como assessor especial do prefeito, quando este soltou um “surdão” na orelha de Adauto, que ficou atordoado depois do tapa.

De acordo com informações, Quintino teria ficado bastante irritado com o rapaz por causa do vídeo que o mesmo gravou cobrando o prefeito Léo Cunha, reparos para sua rua, que assim como as demais, está quase intrafegável.

Ainda segundo averiguações, Quintino é uma espécie de “Cão de guarda” do prefeito, conhecido popularmente como puxa saco, assim como existem vários espalhados por centenas de prefeituras maranhenses.

O valentão está inclusive, numa relação de funcionários fantasmas, investigados pelo Ministério Público em Estreito. De acordo com dados do Portal da Transparência, o cão de guarda agressor de cidadãos, “abocanha” sem fazer coisas alguma, a não ser bater em quem fala e cobra o prefeito seu patrão, a quantia de R$ 2.212,00 ao mês.

Júri condena homem que matou por causa de cachorro no Maranhão...

 

Em sessão do Tribunal do Júri, a 1ª Vara Criminal da Comarca de Açailândia condenou homem a cumprir pena pelo homicídio simples cometido durante briga em um bar por causa de um cachorro.

Segundo informações do processo, no dia 11 de dezembro de 2021, por volta das 21h30min, no bairro Laranjeira, em Açailândia (MA), o réu Gabriel Lopes Vieira, 29 anos, teria matado a vítima Wilson Max Santos Fonseca, com golpes de faca, no “Stop Play Bar”.

Em dado momento, o acusado chamou a atenção do cachorro da vítima, que reagiu ao contato, irritado. O dono alertou para que o acusado parasse, mas foi ignorado. Na sequência, o cachorro ameaçou morder o acusado, que passou a chutar o animal, com violência.

Nesse momento, houve uma discussão entre os dois e o dono do bar pediu que eles se retirassem do local. Já fora do bar, a discussão continuou e o acusado sacou um canivete que portava e aplicou vários golpes contra a vítima, até provocar a sua morte.

HOMICÍDIO SIMPLES.

Durante o julgamento da Ação Penal Pública movida pelo Ministério Público, o Conselho de Sentença entendeu que Gabriel Lopes Oliveira cometeu o crime de homicídio simples contra a vítima e que não deveria ser absolvido.

Conforme o entendimento dos jurados, a juíza Selecina Henrique Locatelli (1ª Vara Criminal) condenou Oliveira pela prática do crime, a cumprir a pena de 7 anos e seis meses de reclusão, e regime semiaberto.

A juíza observou, ainda, não haver registro de que o comportamento da vítima tenha contribuído para ocorrer o crime.

“Os motivos indicam que o crime se deu em razão de previa discussão verbal banal por causa do comportamento de um cachorro”, declarou.

MEDIDA PROTETIVA DE URGÊNCIA.

A sentença informa haver registro de concessão de Medida Protetiva de Urgência contra o réu, mas não foi o caso de valorizar negativamente essa conduta na definição da pena no caso em julgamento, pois o Superior Tribunal de Justiça proíbe a utilização de inquéritos policiais e ações penais em curso para agravar a pena-base.

Na sentença, a juíza afirma que deixou de substituir a pena preventiva de liberdade por restritiva de direitos, bem como de conceder suspensão condicional da pena, diante da falta de exigência legais para esses direitos. No entanto, deu ao condenado o direito a permanecer solto.

Dois policiais militares tentam prender homem que reage com socos em cidade do Pará...

 

Um indivíduo entrou em confronto físico com dois oficiais da Polícia Militar no estado do Pará

A ocorrência foi registrada na cidade paraense de Itaituba. O homem alterado reagiu à prisão trocando socos contra os dois PM’s.

Logo após o “UFC” o indivíduo foi preso e conduzido à delegacia.

VÍDEO;