terça-feira, 16 de junho de 2015

Jornalismo Investigativo o que é?


                                               A apuração no jornalismo investigativo
No jornalismo investigativo as pistas, por menores que sejam, podem nos levar a grandes notícias. A apuração é a chave da investigação, é na pergunta bem feita que as pistas possam surgir.
As pequenas contradições dos fatos cotidianos são um caminho para começar a investigar.
Uma investigação sempre traz uma notícia inédita. A apuração é tão rigorosa que não existe outro caminho, o repórter vai descobrir uma notícia importante quando descobrir o que está procurando.
Quando o repórter está apurando na condição investigativa, deve existir um planejamento, tem que ter uma intimidade com o assunto. O repórter deve se preparar na sua proposta de pauta. Ele tem que ter um briefing do que vai apurar: ler, analisar e aprender mais sobre o assunto. Para entrevistar uma pessoa, o repórter deve ter certo grau de conhecimento sobre ela: o jornalismo investigativo tem esse pressuposto. O conhecimento prévio do fato para fazer a matéria.
Fontes a serem entrevistadas e material apurado
Além disso, o jornalista deve desenvolver um plano de ação e métodos durante a investigação que consiste em selecionar fontes, entrevistar as pessoas certas e uma fonte pré-selecionada. Especialistas sobre o tema que tenham estudos já produzidos. Saber o local onde vão buscar a informação. Saber onde vai buscar as fontes para comprovar a tese.
As matérias de jornalismo investigativo não são fáceis de serem produzidas, a apuração é excessiva e exaustiva. Não é uma apuração rápida, demanda tempo. Ele não é feito de um dia para o outro, exige um debruçar, persistência e paciência, já que o caso não vai ser descoberto logo de cara.
O cruzamento de informações é de grande importância, checar as informações para ver se elas são verdadeiras. Pegar a mesma informação e ver as diferenças, fazer um conflito com as informações. Isso é uma forma de suspeitar, um exercício que deve ser feito sempre pelo jornalista.
Fica a dica para algumas pessoas, que pensam em produzir matérias investigativas em Bacabal. que talvez pensam que já sabem de tudo. é sempre bom ser humilde e saber ouvir de pessoas mas experientes, lembre-se cada dia que passa aprendemos um pouco mais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário