PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 8 de julho de 2015

FEAPAES discute novas ações com o Governador Flávio Dino

Na audiência, o Coordenador da FEAPAES Jerônimo Albuquerque apresentou o projeto com as novas propostas articuladas com todos os Presidentes na Federação. O objetivo é melhorar não só a estrutura de algumas instituições, mas também investir no atendimento a crianças com deficiência.
Governador participou da solenidade no palácio dos leões
Foto: Franciane Araújo

Membros da FEAPAES- Federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais do Estado do Maranhão e representantes das APAES de 45 instituições do Estado estiveram presentes em uma audiência com o Governador, Flávio Dino no Palácio dos Leões nesta Segunda-feira (06). Várias pautas foram discutidas, entre elas: Saúde, Educação, Cultura, Assistência Social, Esporte, Ciências e Tecnologias. O projeto com as propostas de ações beneficiando todas as pessoas com deficiência foi entregue ao Governador. 

“Acreditamos na Política que vem sendo desenvolvida pelo atual Governador. Mas nós, quando falamos nós, somos noventa e nove APAES constituídas mais cinco que estão em construção no Estado precisamos de melhorias urgentes. No Governo passado travamos uma verdadeira batalha para manter nossos convênios. Muitas APAEs sofreram e só conseguiram receber agora, em seu Governo. É por isso que pontuamos algumas questões, na Saúde. Não é objetivo do Movimento Apaeano fazer saúde. Não é objetivo do Movimento Apaeno  fazer Educação ou  Executar Ações. Mas estamos fazendo isso por falta de políticas públicas nos nossos municípios que atendam nossos deficientes. 

É por isso que as APAEs acabam fazendo esse papel. [...] Então Senhor Governador, nós estamos com nossas propostas subdividas em 4 portes.  As primeiras são quatro APAEs que estão em nas maiores cidades. Mas mesmo assim, precisam de mais incentivo e manutenção. A segunda, são as APAEs que tem convênios, mas não suprem as necessidades que existem. Porte três, temos as instituições que fizeram a solicitação de convênios, estão prontas para receber , mas infelizmente nos últimos anos não conseguimos fechar esses convênio. E o Porte quatro, relacionamos as APAEs que precisam de estrutura, apoio e manutenção para continuar fazendo este trabalho de inclusão.” Explicou o Coordenador da Federação, Jerônimo Albuquerque ao Governador do Estado. 
Ainda no discurso de Jerônimo, ficaram claros os objetivos que os Presidentes das instituições esperam que sejam alcançados. Cada categoria foi pontuada e explicada passo a passo a Flávio Dino. Após a apresentação da pauta, o Governador fez seus agradecimentos e firmou parceiras de imediato com as instituições, porém explicou que há quesitos que não depende apenas dele, na questão da Educação, por exemplo, as normas a serem cumpridas são determinadas pelo Ministério da Educação – MEC.

“Nós precisamos discutir caso a caso. Porque são situações diferentes. Na verdade é preciso fazer um diagnostico. Porque há questões que não depende somente do Governo, no caso da Educação. Nós temos normas a cumprir que emanem do MEC. Então algumas APAEs não conseguirão cumprir a priori, por isso precisamos nos organizar.” Esclareceu Flávio Dino aos Presidentes das APAEs. 

Por: Franciane  Araújo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário