PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

PLANTÃO 190: Mulher é conduzida para a delegacia suspeita de estelionato em Bacabal...


Por volta das 13hs da última quarta-feira (31), uma mulher identificada até o momento como Aurinete, foi conduzida até a delegacia por suspeita da prática de estelionato.

De acordo com a aposentada que se apresentou no DP como sendo a vítima, a suspeita já estava com seu cartão há pelo menos um ano, sempre retirando dinheiro todos os meses e repassando para a dona do cartão, uma quantia muito inferior ao valor recebido mensalmente.

Versão da aposentada.


A aposentada disse que há muito vinha pedindo seu cartão de volta, um filho e até a comadre da mesma chegaram a pedir, entretanto, a suspeita de estelionato nunca devolveu o cartão à dona legítima.

Na delegacia, a aposentada negou que esteja devendo dinheiro de uma dívida da compra de uma residência para a suspeita, no caso Aurinete, que alegou que ainda esteja faltando dinheiro.

Ainda segundo a aposentada, ela relatou que a compra da casa foi quitada pelo ex-marido, e que não deve mais nada a mulher que mantinha a posse de seu cartão.

Versão da suspeita.

De acordo com a mulher encaminhada ao DP e suspeita de estelionato, ela disse conhecer a aposentada através do ex-marido dela, no qual ela chegou a vender uma residência para ele, ficando ainda um restante da dívida a ser quitada. Ela explicou que a aposentada foi morar na Terra do Sol, e que o filho da mesma teria repassado o cartão para que a ela continuasse a retirar o benefício todo mês. Segundo a senhora Aurinete, antes de ser encaminhada ao DP ela já estava de plano a entregar o cartão para a aposentada, e que foi uma surpresa quando a Polícia chegou.

O que disse a Polícia Militar.

Segundo a PM, a informação chegou via COPOM relatando que havia uma senhora aliciando e extorquindo pessoas na Rua do Cajueiro. Chegando a residência, a aposentada que se apresentou como vítima, disse a PM que a senhora Aurinete sacava uma quantia de pouco mais de R$ 800,00, e ficava com R$ 300,00. Foi feita uma revista pessoal por uma Policial Militar feminina, cartões de outras pessoas foram encontrados, CNH, contracheques e vários depósitos bancários amassados, que segundo a PM, a mesma tentou esconder antes da chegada da guarnição.

A suspeita de estelionato foi apresentada a autoridade policial para prestar esclarecimentos.

Art. 104 do Estatuto do Idoso – Lei 10741/03.

Lei nº 10.741 de 01 de Outubro de 2003.
Dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providencias.


O espaço está aberto caso alguém queira se manifestar sobre o caso...

Redação/Vanilson Rabelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário