PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

domingo, 17 de janeiro de 2016

TV Cidade realiza ação social em Bacabal e Região


Fazendo parte dos trabalhos realizados pela direção geral e colaboradores da TV Cidade canal 47 de Bacabal, várias cestas básicas foram entregues em (02) duas casas de recuperação para dependentes químicos, a primeira foi a casa Cristo Liberta localizada próximo a cidade de Alto Alegre do Maranhão, na ocasião foram entregues 20 cestas básicas, atualmente casa Cristo liberta tem 10 "alunos", como eles gostam de ser chamados, Neto um dos jovens que está se recuperando a seis meses na casa Cristo Liberta fez uma oração juntamente com todos e agradeceu a TV Cidade pela doação das cesta-básicas.



“Gostaria em nome de todos de parabenizar essa iniciativa da TV Cidade, e de todos que estão ajudando a nossa casa, que Deus abençoe imensamente a todos vocês” – enfatizou Neto.

Logo em seguida a equipe da TV Cidade se dirigiu para a cidade de São Mateus, o local dessa vez foi a casa de Davi, local responsável por livrar das drogas vários jovens que ali buscam por tratamento para se livrar do vício. Na casa de Davi também foram entregues 20 cestas básicas. A equipe da emissora foi recepcionada pelo senhor Francisco Pereira, que disse estar muito satisfeito pela doação que a televisão fez.




“Realmente veio em uma boa hora, seria bom que outros empresários e até mesmo outras emissoras de televisão de Bacabal fizessem o mesmo por nós” – Francisco Pereira.

Fazendo o bem sem olhar a quem

Na tarde deste domingo (17), a partir das 16h30min a direção da emissora e todos os profissionais que fazem parte da TV Cidade canal 47 em Bacabal, irão continuar com esse trabalho solidário para as pessoas que realmente precisam, participando de forma direta terá a ajuda da caravana da esperança da igreja adventista do sétimo dia, que fez um trabalho de mapeamento.

Então logo mais a partir das 16h30min, no bairro presídio será feita a entrega de quase 06 toneladas de alimentos arrecadados ao longo de quase (02) dois meses.   


Redação/Vanilson Rabelo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário