sexta-feira, 4 de novembro de 2016

PLANTÃO 190: Em confronto com a PM de Bacabal, “muletinha” é alvejado e morre

Foto/Arquivo.
Edmilson Mendes dos Santos, “Muletinha”, como era conhecido, já tinha várias passagens pela polícia por diversos crimes, como tráfico de drogas, assaltos, e furtos.

Por volta das 10h da manhã desta sexta-feira (04), ao avistar uma viatura da Força-Tática do 15º BPM, “Muletinha” empreendeu fuga e entrou em uma residência, quando a guarnição se aproximou, ele armado com um revólver cal. 38 tentou efetuar disparos em direção aos policiais que reagiram da mesma forma, alvejando o mesmo, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

“Muletinha” estava em liberdade há poucos meses.

Créditos da foto: Igor Lima.

Redação/Vanilson Rabelo.

13 comentários:

  1. Já foi tarde essa praga

    ResponderExcluir
  2. Esse mundo da criminalidade só tem dois caminhos, cemitério ou cadeia, ao invés do pai da família e o policial que morra o bandido, infelizmente só quem sofre é a família, que não tem culpa dos erros dos filhos que se tornam marginais

    ResponderExcluir
  3. Muletinha já deixou muita gente de bem chorando, quantas e quantas pessoas não já foram vítima desse cara? aqui se faz aqui se paga!

    ResponderExcluir
  4. Muitas pessoas hoje nos grupos do whatsapp perguntando e falando sobre a polícia não ter deixado ninguém entrar na casa, ora bolas e agora a população virou perito criminal? francamente pessoal tá vendo bala ao invés de correr pra longe corre é pra cima.

    ResponderExcluir
  5. Não me admiro muito se amanhã ou depois alguns pseudojornalistas atacarem a PM pela ação e dizer que não deveriam efetuar o disparo, HIPÓCRITAS, sabem nem o que dizem em seus comentários sem argumentos. Belo trabalho da polícia militar, tem que ser assim mesmo, se bandido reagir tem que meter bala mesmo, ou querem para tratar com carinho e amor, aqueles que tiram a vida de uma pessoa pra tomar um celular?

    ResponderExcluir
  6. 1000 vezes o bandido do que um pai de família!

    ResponderExcluir
  7. Foi fazer cia pro capeta

    ResponderExcluir
  8. Já fui vítima desse cara, na época ele me tomou um meu celular colocou a arma na minha cabeça e levou ainda R$50 reais que eu tinha no bolso, o pior de tudo que esse tipo de lixo humano ainda chama as pessoas de bem de vagabundo ou vagabunda, fiquei traumatizado, passei vários dias sem sair de casa, sei que é pecado mais na minha opinião já vai tarde!

    ResponderExcluir
  9. Como já disseram aqui só quem sofre é realmente a família dele que não pediram para que ele fosse marginal, por outro lado vejo que ele já fez muitas maldades a outras famílias.

    ResponderExcluir
  10. Por isso o povo fala, bandido bom é bandido morto!

    ResponderExcluir
  11. foi pra vala. fdp. vai pra casa do diabo. mais um exemplo de vida loka. zé mané.

    ResponderExcluir