terça-feira, 1 de outubro de 2019

SÃO LUÍS GONZAGA-MA: Política proporcionada pelo prefeito Dr. Júnior, atrasou e deixou o município estagnado...



O município de São Luís Gonzaga do Maranhão, administrado com punhos de ferro pelo prefeito Dr. Júnior (PDT), já recebeu da união, em quase três anos de mandato, mais de R$ 100 milhões de reais, isso é comprovado através do Portal da Transparência, veja (aqui).

Mesmo com a quantia milionária recebida pelos cofres do município, Junin, como é mais conhecido o prefeito, até agora não demonstrou para que realmente foi eleito em 2016.

Para isso, basta analisar, com muito atenção, que de janeiro de 2017 até agora, 01 de outubro de 2019, nenhum grande investimento aconteceu na cidade. Talvez pela falta de conversas, acordos, e propagandas; e isso, são apenas alguns dos fatores que impediram e impedem que São Luís Gonzaga do Maranhão crescesse nesses quase três anos de gestão, que, por incrível que pareça, se auto-intitula de "Construindo uma Nova História".





É importante ressaltar que São Luís Gonzaga, nas mãos de Dr. Júnior, também perdeu vários e vários jovens promissores, que por falta de iniciativa  e empregos, saíram de sua cidade natal em busca de oportunidades no mercado de trabalho em outros estados e municípios.

Isso é óbvio, demonstra a total falta de competitividade e planos elaborados pelo poder público municipal,  e principalmente, de competência nos planos políticos que venha para favorecer ambas as partes.

São Luís Gonzaga do Maranhão tem mais de 100 anos, porém, o discurso de dias melhores da cidade ficou mesmo nos palanques da última campanha eleitoral de 2016, de lá para cá,  a falta de compromisso com a cidade e com o povo, por parte do prefeito, o município que tinha tudo para crescer, com um grande potencial ao seu redor, parou no tempo.

ELEIÇÃO 2020:

Já pensando na eleição do ano que vem, pesquisas eleitorais sem registro no TRE-MA, e com o objetivo de ludibriar a opinião pública, já começam a ser montadas e divulgadas pela fraca assessoria de Junin, mas, isso é assunto pra outra reportagem.

Acompanhem os valores (aqui).

Redação/Vanilson Rabelo.