quinta-feira, 26 de maio de 2016

Cantor e compositor Bacabalense Papete, morre aos 68 anos


O cantor e compositor José de Ribamar Viana, o Papete, 68 anos, morreu nesta quinta-feira (26), em São Paulo, onde tratava de um câncer de próstata. Seu estado de saúde se agravou desde a última sexta-feira (20). O corpo deve chegar a São Luís na sexta-feira (27) e será velado na Casa do Maranhão, no Centro Histórico.

Papete era natural da cidade de Bacabal e marcou época como um dos expoentes da música maranhense. Despontava, principalmente, nos festejos juninos no Maranhão.

Além de cantor, compositor e percussionista, Papete estudou também Engenharia Ambiental. Trabalhou como produtor e arranjador e foi eleito um dos três melhores percussionistas do mundo quando participou do Festival de Jazz de Montreux na Suíça nos anos de 1982, 1984 e 1987. Também acompanhou o músico italiano Angelo Branduardi na década de 80.

Papete trabalhou com os maiores artistas da MPB, como Paulinho da Viola, Miucha, Chico Buarque, Sá e Guarabira, Almir Sater, Rita Lee, Diana Pequeno, Renato Teixeira, Martinho da Vila, dentre outros. Seu disco ‘Bandeira de Aço’ marcou época nos arraiais de São Luís.
Algumas das principais músicas do São João do Maranhão são composições de Papete como Bela Mocidade, Boi da Lua e Coxinho.

Blog do Gilberto Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário