PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 31 de maio de 2018

DESORDEM E DESRESPEITO: Em Bacabal, jovem representa o SAAE ao Ministério Público

Cidadão bacabalense e estudante de direito, Afonso Almeida.

O jovem cidadão bacabalense e estudante de direito, Afonso Almeida, formalizou representação junto ao Ministério Público do Maranhão contra o SAAE de Bacabal.

A representação é direcionada à 3ª Promotoria de Justiça do Consumidor de Bacabal, e pede que seja aberta uma Ação Civil Pública para que apure e seja solucionado o problema da má prestação de serviço de tratamento e abastecimento de água por parte da autarquia municipal.

Mais uma vez, o bacabalense sofre com a má qualidade de água oferecida pela autarquia municipal SAAE. O problema, que, infelizmente, tem se tornado uma realidade cada vez mais presente, está afetando a rotina da população.










Através dos vídeos e mensagens postados nas redes sociais, a população tem denunciado o descaso e implora que providências sejam tomadas por parte das autoridades.

Nos vídeos e fotos enviados pelo autor da reclamação, ele mostra a má qualidade da água, a água quando chega, é suja, e de coloração amarelada.


Por fim, Afonso diz que a situação é humilhante e que espera uma atitude por parte da empresa e das autoridades políticas.

Espero que as autoridades políticas e a empresa sejam mais humanas e se sensibilizem com a nossa situação, porque é muito humilhante”, disse.

Diretor do SAAE Ramon Braga.