PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Saúde, Educação e Falta d'água: Mais uma vez a incompetência da prefeitura de Bacabal atinge vários setores da administração de desordem e desrespeito

Jaime Rocha, Zé Vieira, Patrícia Vieira e Ramon Braga. Oligarquia bacabalense. 

Antes de iniciar este post gostaria de pedir desculpas aos milhares de leitores (as) do Blog do Vanilson Rabelo. Por conta de problemas em nossos servidores, ficamos impossibilitados de atualizar o Blog desde à tarde do último dia (08/05), voltando ao normal no início da noite de ontem (10).

Como escrevi no título deste post, a incompetência da prefeitura municipal de Bacabal mais uma vez atinge vários setores da administração de desordem e desrespeito.

Destaquei três deles; Saúde, Educação e Falta de Água, este último de inteira responsabilidade do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

Saúde.

Ainda no início desta semana, o Blog do Vanilson Rabelo recebeu um vídeo no qual mostrava uma jovem senhora agonizando por sentir fortes dores pelo corpo. Diante da falta de médicos no Hospital Geral de Bacabal (HGB), algumas pessoas se irritaram e houve início de confusão, a Polícia Militar foi acionada para acalmar os ânimos dos mais exaltados.

Uma paciente que estava presente na hora, relatou a este blog que somente os enfermeiros e enfermeiras estavam atendendo a população naquele momento, e que ninguém falava nada sobre a falta de médicos.

A reportagem do Blog do Vanilson Rabelo, fazendo uma pesquisa no Portal da Transparência do Governo Federal, observou que somente nestes cinco meses de 2018, a prefeitura de Bacabal já recebeu mais de R$ 7 milhões de reais destinados exclusivamente a saúde, confira no gráfico abaixo;


A pergunta que fica é; Onde está sendo investido todos esses valores milionários recebidos pela prefeitura de Bacabal?

Educação.

A educação de Bacabal é outro setor bastante castigado pela prefeitura e governo fictício de “ordem e respeito”.

Usando como pretexto as reformas em escolas do município, a prefeitura já completou exatos dois meses de salários atrasados dos servidores contratados da educação, isso mesmo, dois meses. Alguns professores já estão passando necessidades por falta de dinheiro, e só não passam fome porque contam com a ajuda de familiares e até amigos.
Em conversa com o Blog do Vanilson Rabelo, uma dessas professoras relatou que a ordem e ficar “caladinhos”, ou, caso contrário, serão colocados na rua e aumentarão ainda mais os altos índices de desempregos em Bacabal.

E mais uma vez, o Portal da Transparência do Governo Federal deixa claro que, o motivo dos professores não estarem sendo pagos não é por falta de dinheiro. Nestes cinco primeiros meses de 2018, o Gabinete da Prefeitura de Bacabal, já recebeu mais de R$ 11 milhões de reais diretamente do FUNDEB, confira abaixo;



Portanto, a que na verdade se deve essa “falta de dinheiro” para pagar esses profissionais da educação?

Falta d’água em vários bairros.

Mesmo faturando mais de R$ 1 milhão de reais por mês e quase que de 15 em 15 dias assinando contratos e mais contratos com empresas visando melhorar os atendimentos ao público, o SAAE de Bacabal não oferece aos seus consumidores um trabalho de qualidade e muito menos a água.

Todos os dias as milhares de reclamações só aumentam, e pelo jeito irão aumentar ainda mais. Sempre que aparece um problema, a desculpa é sempre a mesma, “a bomba do poço queimou”. A reclamação da vez é que no bairro São Lucas, localizado entre os bairros Setúbal, bairro da Areia e Almiro Paiva, os moradores estão tendo que passar a madrugada acordados para poderem encher os baldes, e com isso tenham água em suas residências no dia seguinte, ou seja, uma verdadeira falta de respeito com a comunidade.

Será se o SAAE com essa quantia que entra todos os meses, e com os vários contratos assinados, não pode fazer manutenções desses equipamentos com a mesma frequência que assina contratos?

Atenção diretor do SAAE/Bacabal, Ramon Braga, faça uma visita a esses bairros mencionados na reportagem e converse com o povo, seu papel é resolver...

EM TEMPO: A prefeitura municipal de Bacabal, já recebeu somente este ano de 2018, a quantia de R$ 44.648.777.48 (Quarenta e quatro milhões, seiscentos e quarenta e oito mil, setecentos e setenta e sete reais e quarenta e oito centavos).

Muito dinheiro para quase nada feito no município, vamos aguardar os próximos dias...

Redação/Vanilson Rabelo.