PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 2 de maio de 2018

O DESCASO CONTINUA: Em Bacabal, moradores de vários povoados estão praticamente isolados por conta das chuvas e falta de pontes: desde 2017, prefeitura já firmou contratos milionários, mas até agora nada

Patrícia Vieira, Zé Vieira e Jaime Rocha.
Moradores de vários povoados pertencentes ao município de Bacabal estão insatisfeitos com a prefeitura pela maneira que são tratados na atual gestão de “ordem e respeito”.

O flagrante enviado em forma de denúncia a reportagem do Blog do Vanilson Rabelo, mostra o descaso enfrentado pelos moradores do povoado Fala Cantando. Através do vídeo, é possível ver o trabalho e o perigo que a comunidade corre.

Por causa das fortes chuvas, um bueiro arrebentou, mas, como é de inteira responsabilidade da prefeitura, os moradores procuram o município para resolver e nada. Com isso, a população se vê ilhada e sem estrutura, o que faz com que tarefas simples ensejem um enorme dispêndio de energia.  Ou mesmo se tornem impossíveis de realizar, como comprarem alimentação ou irem à escola.

Eles contam que estão praticamente isolados, tendo, inclusive, prejuízos com o escoamento da produção agrícola, e dificuldades em se deslocar até a sede do município para poder comprar mantimentos nos grandes comércios.

Agora bonito vai ficar quando o Florêncio Neto vier aqui pedir voto pro pai dele”. Essas palavras foram ditas por um Senhor que também sofre com o descaso do poder público, acompanhe o vídeo na íntegra:


Contratos direcionados as estradas vicinais e a construção de pontes em Bacabal.

Fazendo uma pesquisa no Diário Oficial do MA, a reportagem do Blog do Vanilson Rabelo encontrou dois contratos firmados entre a prefeitura de Bacabal, através da Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo junto à empresa Marcio A. Santos Eireli EPP.

O contrato Nº 20170502, Nº 022/2017, tinha como objetivo a contratação de empresa para a execução de serviços de construção de Pontes no Município de Bacabal.

O valor Global do contrato foi de R$ 1.123.430,16 (um milhão cento e vinte e três mil, quatrocentos e trinta reais e dezesseis centavos). A vigência do contrato foi de 04 meses. O contrato Nº 20170502 foi assinado no dia 08/11/2017, portanto, no último dia 08 de março de 2018, completou exatos 04 meses, e a reclamação das comunidades nos povoados é uma só, a de que não foi construída ponte alguma, veja abaixo;


Contrato Nº 20170502.

O segundo contrato é o de Nº 20170512, Nº 023/2017, tinha como objetivo a Contratação de empresa para Execução de Recuperação e Melhorias de Estradas Vicinais no Município de Bacabal.

O valor Global do contrato foi de R$ 670.999,79 (seiscentos e setenta mil, novecentos e noventa e nove reais e setenta e nove centavos). A vigência do contrato foi apenas 03 meses, o contrato Nº 20170512 foi assinado no dia 21/11/2017, por isso, no último dia 21 de fevereiro de 2018, o contrato terminou.

Contrato Nº 20170512.

Realidade dos povoados de Bacabal.

Como já foi mostrada aqui no Blog do Vanilson Rabelo em outras reportagens, a prefeitura de Bacabal está fazendo ‘vistas grossas’, e fingindo não ver o sofrimento das comunidades dos povoados como, Bela Vista, Sincorá, Bom Principio, entre outras.

Redação/Vanilson Rabelo.

3 comentários:

  1. Valores altos para nada.

    Vanilson os babões piram com tuas matérias

    ResponderExcluir
  2. Caro Vanilson Rabelo. Sou um simpatizante das suas matériais, mas, é preciso saber que essa estrada do Fala Cantando quem construiu fo Zé Vieira quando vereador a pedido de um dos moradores mais velho do povoado de nome Chiquinho Leitão para o qual Zé Vieira fez uma festa para comemorar os seus 80 anos. Durante esses anos a não ser nos governos de Zé Vieira, quando ainda ele era lúcido sempre eram feitos reparos para dar passagem a veiculos e animais e nos outros governos nem um reparo foi feito, nem Lisboa e nem Zé Alberto.Claro que não estou apoiando o descaso, mas, esse descaso ja não é de Zé Vieira e sim da justiça que não resolve a situação de Bacabal, no caso TSE em Brasilia, até por total desinteresse da parte interessada, no caso o Senador João Alberto que não move uma palha para reverter essa história onde tudo poderia estar sendo diferente. Zé Vieira vive dopado por medicamentos fortes e já nem sabe se ainda vive. Zé Vieira não assina mais nada, alguem está assinando por ele, resta saber quem é o falsificador. Por outro lado o Florencio Neto é um Banana de Pijama cumplice dessa falta de respeito por Bacabal e o seu povo que amarga as sandices de Patricia, Jaime, Ramom, Flavia Braga, Araujo que hoje está desfilando de Caminhonetas novas e gastando um bom dinheiro na reforma da pensão da sua amante em Teresina. Zé Vieira coitado, é um morto vivo sem ter nem forças para levantar o braço para cortar uma faixa de inauguração, como foi visto no aniversário de Bacabal. Bacabal infelizmente está nas mãos de uma quadrilha extremamente perigosa e de altissima periculosidade. Infelizmente. Se Zé Vieira estivesse vivo, ja teria expulsado esses ladrõs de perto dele inclusive a sua guardiã.

    ResponderExcluir
  3. Tai um cabra que falou a verdade. Esse povo ja saquearam o dinheiro de Bacabal. Eu sei aonde é essa pensão da amante do Araujo em Teresina. Fica por trás da Neurocentro.

    ResponderExcluir