domingo, 21 de abril de 2019

Acompanhado do impopular deputado Carlinhos Florêncio e pegando carona em ação do governo; César Brito faz visita à povoado e ignora presença de Florêncio Neto...



O candidato a prefeito derrotado na eleição suplementar de Bacabal em 2018, César Brito (PPS), finalmente voltou à cena política em Bacabal.

Depois de pedir licença de 120 dias, dos seus "trabalhos" parlamentares na Câmara Municipal de Vereadores de Bacabal, César Brito voltou aos holofotes, desta vez, usou sua rede social no Facebook, para divulgar o feito.

Acompanhado dos vereadores, Feitosa (PODEMOS), que está o substituindo, e Alex Abreu (PSC), alguns correligionários políticos e outros ex-candidatos a vereadores em Bacabal, que não passaram dos 300 votos, Brito esteve "vistoriando" trabalhos realizados pelo governo estadual; na estrada do leite, que dá acesso ao povoado Brejinho. A comitiva era formada por cerca de 22 pessoas. 

Brito pediu licença ainda no segundo mês do ano, por 120 dias, e desde 20 de fevereiro de 2019, o suplente de vereador, Raimundo Cleudo Braga Feitosa, o Feitosa; está no exercício do mandato. 

Ignorando Florêncio Neto.

Mesmo lado a lado, os dois políticos estão cada vez mais distantes um do outro. 

Algo que chamou a atenção não somente da reportagem do Blog do Vanilson Rabelo, como de vários leitores, é que, no texto em que escreveu em sua página pessoal do Facebook, César Brito literalmente ignorou a presença e participação de Florêncio Neto, que foi seu candidato a vice-prefeito no ano passado. 

Brito escreveu;

"Estive durante todo o dia de hoje, quinta-feira, acompanhado do deputado estadual Carlinhos Florêncio e dos vereadores Alex Abreu e Feitosa (sic), com muita alegria e entusiasmo, vistoriando o trabalho de recuperação asfáltica de estrada do leite, que da acesso ao povoado Brejinho (sic)". 

Pelo que se ver, em nenhum momento fez menção ao nome do ex-vereador Florêncio Neto, mesmo esse, estando presente ao seu lado como mostra as fotos e publicações feitas pelo próprio Brito, que já caminha visando as eleições 2020. 



Redação/Vanilson Rabelo.